Sporting abre o campeonato com um "JackPote"

Leões bateram o Vizela no jogo inaugural da Liga realizado em Alvalade e com adeptos nas bancadas. Veja os golos.

O Sporting começou a defesa do título com uma vitória (3-0) sobre o Vizela, no jogo inaugural do campeonato. Pedro Gonçalves foi a figura do jogo, ao assinar um bis. Paulinho também marcou.

Quase um ano e meio depois, os adeptos puderam regressar às bancadas do Estádio José de Alvalade, para o início da nova edição da I Liga. O Sporting, campeão em título, apadrinhava o regresso do Vizela, 36 anos depois, ao principal escalão do futebol português.

Para o jogo inaugural da primeira jornada da I Liga, Rúben Amorim foi obrigado a fazer alterações no onze em relação ao encontro da Supertaça frente ao SC Braga. No lado esquerdo da defesa, Amorim deu a titularidade a Vinagre, um dos jogadores contratados este verão.

Com um cenário de festa e com os adeptos leoninos em êxtase nas bancadas, os momentos que antecederam o início do encontro ficaram marcados pela exposição da taça de campeão nacional no relvado de Alvalade.

Os leões entraram em campo a tentar impor a sua estratégia, mas cedo perceberam que defrontavam uma equipa aguerrida e que veio a Alvalade sem medo. O Vizela entrou com o objetivo de dificultar a vida ao campeão e, aos cinco minutos, num contra-ataque obrigaram Coates a negar uma bola na área a Cassiano.

O homem golo da formação do Vizela esteve em destaque logo a seguir, ao introduzir a bola na baliza leonina. No entanto, o 9 dos minhotos estava em fora de jogo e golo foi anulado.

Só aos 21 minutos é que o Sporting realizou uma jogada à campeão. Com uma visão de jogo notável, Palhinha viu a desmarcação no flanco direito de Vinagre e colocou a bola nos pés do ex-Famalicão. O jogador entrou na área e serviu na marca de penálti Jovane, que não conseguiu bater Charles.

O guardião do Vizela voltou a estar em evidência logo a seguir, negando a Paulinho o primeiro golo. O avançado internacional português fez tudo bem numa resposta a mais um cruzamento do lado esquerdo do ataque leonino.

Aos 31 minutos, eis um dos momentos do jogo. Um dos centrais do Vizela desviou um remate de Paulinho com o braço junto ao relvado e o árbitro marcou grande penalidade. Após a confirmação do VAR, Jovane, da marca dos onze metros, atirou a bola por cima da barra da baliza minhota.

A formação orientada por Álvaro Pacheco mostrava-se muito coesa e não deixava o campeão impor o seu jogo. A chave do jogo seriam as individualidades leoninas e Jovane voltou a estar próximo do golo, sem conseguir concretizar.

Na segunda parte, os golos finalmente apareceram e também apareceu um dos melhores jogadores leoninos da época passada. O 28 Pedro Gonçalves aproveitou uma oportunidade e, com espaço antes da entrada na área, tirou as medidas à baliza de Charles e marcou um grande golo em Alvalade.

Se o primeiro golo foi bom, o que dizer do segundo. Pedro Gonçalves demorou 45 minutos a aparecer no jogo, mas só precisou de dois lances para inscrever o nome da ficha de jogo. Aos 63 minutos, Pote teve espaço, desta vez, dentro da área e aplicou um remate sem hipótese para o fundo da baliza minhoto, levantando o estádio.

Com a desvantagem no marcador, o desgaste físico do Vizela era notório e o Sporting aproveitou para dilatar a vantagem. Desta vez, Nuno Santos fugiu pelo flanco esquerdo, encontrou Paulinho na área e o avançado apontou o seu primeiro golo da época, perante uma grande festa nas bancadas.

Com uma vantagem confortável, o Sporting foi gerindo o jogo ao seu ritmo. Amorim lançou no meio campo Daniel Bragança. O médio internacional sub-21 esteve próximo de fazer o gosto ao seu pé esquerdo, num remate rasteiro à entrada da área. No entanto, o guardião Charles foi ao relvado esticar-se e negar o golo ao jovem leão.

Onze do Sporting: Adán; Gonçalo Inácio, Coates e Feddal; Ricardo Esgaio, Palhinha, Matheus Nunes e Vinagre; Jovane, Paulinho e Pedro Gonçalves.

Suplentes do Sporting: Maximiano, Matheus Reis, Tabata, Nuno Santos, Neto, Tiago Tomás, Plata, Daniel Bragança e Gonçalo Esteves

Onze do Vizela: Charles, Koffi, Marcos Paulo, Kiki, Ofori, Guzzo, Mendez, Samu, Kiko, Cann e Cassiano.

Suplentes do Vizela: Ivo, Hugo Oliveira, Marcelo, João Pais, Zohi, Adeyemo, Nuno Moreira, Tomás e Schettine

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de