Bis de Darwin em dois minutos garante triunfo do Benfica sobre o Santa Clara

Avançado uruguaio assinou a reviravolta na Luz. Veja os golos.

O Benfica bateu este sábado o Santa Clara por 2-1, numa reviravolta assinada por Darwin.

Depois do escaldante clássico do Dragão, que terminou com um empate (2-2) entre FC Porto e Sporting, o Benfica tinha oportunidade para encurtar distâncias para os rivais. Frente ao Santa Clara, uma das equipas "tranquilas" do campeonato, as águias tentavam recuperar terreno e voltar a dar uma alegria aos adeptos na Luz.

Nos primeiros 20 minutos, as águias tiveram mais posse de bola e boas chances para abrir o marcador. Darwin surgira isolado frente à baliza, mas rematou ao lado, perdendo uma boa oportunidade para faturar.

Na resposta, os insulares ensaiaram o contra-ataque e foram felizes. Os avançados do Santa Clara, com muita velocidade, apanharam a defesa das águias desprevenida e inauguraram o marcador por intermédio do iraniano Mohebi.

Depois do golo, a formação comandada por Mário Silva, esteve próxima de dilatar a vantagem na sequência de um pontapé de canto. Um cabeceamento na pequena área de Boateng rasou os postes da baliza de Vlachodimos.

Até ao intervalo, os encarnados não conseguiram anular a vantagem dos forasteiros no marcador.

Na segunda parte, o Benfica veio com outra face e pressionou os açorianos. Aos 60 e 62 minutos, Darwin deu a volta ao marcador. Primeiro, o uruguaio empatou o marcador de grande penalidade e, dois minutos depois, deu vantagem aos encarnados, após uma jogada de insistência.

Até ao final, o Santa Clara não conseguiu voltar a incomodar o Benfica e, para descanso dos adeptos presentes na Luz, os encarnados selaram mais um triunfo, o segundo consecutivo para o campeonato.

Onze do Benfica: Vlachodimos; Lazaro, Otamendi, Vertonghen, Grimaldo; Rafa, Paulo Bernardo, Weigl, Everton; Gonçalo Ramos, Darwin.

Suplentes: Svilar, Meïte, Yaremchuk, Diogo Gonçalves, João Mário, Nemanja Radonjic, André Almeida, Taarabt e Morato.

Onze do Santa Clara: Marco; Rafael Ramos, Boateng, Villanueva, Mansur; Anderson Carvalho, Morita; Rui Costa, Barreto, Ricardinho; Mohebi.

Suplentes: Ricardo Fernandes, João Afonso, Rúben Oliveira, Paulo Henrique, Tassano, Romão, Nené, Pipe Gomez e Tagawa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de