Inter de Milão considera comunicado do Sporting "gravíssimo e sem fundo de verdade"

Posição dos nerazzurri surge na sequência de um comunicado divulgado pelo Sporting, no qual os leões asseguraram que vão defender os interesses do clube após a rescisão do Inter de Milão e de João Mário.

O Inter Milão classificou esta terça-feira de "inaceitáveis, gravíssimas e sem fundo de verdade" as declarações que constam do comunicado emitido pelo Sporting, relativamente à transferência do futebolista internacional português João Mário para o Benfica.

"O Inter Milão tomou conhecimento do comunicado emitido pelo Sporting Clube de Portugal. As declarações são inaceitáveis, gravíssimas e - mais importante - sem qualquer fundo de verdade. O clube vai proteger a sua imagem e reputação nos locais apropriados", pode ler-se na nota publicada no site oficial do emblema italiano.

A posição dos nerazzurri surge na sequência de um comunicado divulgado esta terça-feira pelo Sporting, no qual os leões asseguraram que vão defender os interesses do clube após a rescisão do Inter Milão e de João Mário, que resultou na ida do jogador para o Benfica.

"É convicção do Conselho de Administração da Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD que foi usado um expediente para que o Inter e o jogador João Mário se procurassem eximir ao que contrataram com a Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD em 2016", referiu o clube de Alvalade, em comunicado.

Na mesma nota, o Sporting lembra que em 2016, aquando da transferência do médio para o clube italiano, por 40 milhões de euros (ME), o jogador e o Inter se comprometeram a efetuar um pagamento adicional de 30 ME, caso o jogador viesse a ser inscrito por clubes portugueses, entre os quais o Benfica.

Na segunda-feira, o Inter Milão e o jogador "acordaram" a rescisão do contrato que os unia, permitindo que o jogador se vinculasse ao Benfica, já depois de o Inter "ter recusado uma proposta do Sporting", segundo os 'verde e brancos'.

"Esse expediente só ilustra que todas as partes sabiam as obrigações que assumiram em 2016 e a que, volvidos cinco anos, pretendem furtar-se", considera ainda no comunicado o clube campeão nacional, que, perante a situação, vai responsabilizar, em sede própria, "os intervenientes pelos danos causados e pelo incumprimento das obrigações assumidas".

O Benfica anunciou esta terça-feira a contratação do futebolista internacional português João Mário por cinco épocas, até 2026, depois de o jogador e o Inter Milão terem acordado a rescisão de contrato, na segunda-feira.

Na última temporada, o médio esteve cedido pelos italianos ao Sporting, conquistando a I Liga de futebol.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de