Comitiva paralímpica recebida em festa em Lisboa

Pouco passava das 13h00 quando os atletas portugueses surgiram no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, para com amigos e familiares festejarem as quatro medalhas alcançadas no Brasil.

Recebidos em "clima de festa", os atletas paralímpicos e restantes membros da comitiva portuguesa destacam a coesão do grupo.

Reportagem de Óscar Cordeiro

00:0000:00

"Superámo-nos. Quero deixar uma palavra de consideração a atletas, treinadores, aos parceiros de competição e todos os que contribuíram para a coesão deste grupo onde todos nos manifestámos satisfeitos pelos resultados dos outros colegas", afirmou Rui Oliveira, chefe da missão portuguesa.

Já Humberto Santos, presidente do Comité Paralímpico de Portugal fez um balanço positivo da prestação portuguesa. "Quatro medalhas, em Londres, em 2013, três. O número de diplomas foi significativo, tínhamos 37 atletas em competição, 25 dos quais conseguiram estar entre os oito melhores do mundo", enalteceu o dirigente.

Manuel Mendes (Maratona T46 ) Luís Gonçalves (400 metros T12), José Carlos Macedo (boccia/torneio individual BC3) e a equipa BC1/BC2 de boccia (Abílio Valente, António Marques, Cristina Gonçalves e Fernando Ferreira), conquistaram as medalhas portuguesas no Rio, todas elas de bronze.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de