Entrelinhas

"A lesão articular mais frequente é a entorse do tornozelo"

Hélder Pereira, ortopedista e investigador, é presidente da secção europeia da cirurgia do tornozelo e operou jogadores como Pepe e Keylor Navas. Benfiquista com portistas em casa é sócio do Vitória.

O convidado do "Entrelinhas", programa de João Ricardo Pateiro (quartas-feiras, às 20h), foi Hélder Pereira, um homem que já operou nomes do futebol como Pepe e Keylor Navas. E muitos outros que prefere não mencionar. Ver aqui todos os "Entrelinhas" da TSF.

O ortopedista e investigador é presidente da secção europeia da cirurgia do tornozelo e membro da comissão europeia do estudo do menisco. Este benfiquista, sócio do Vitória de Guimarães, com uma legião de portistas em casa, é ainda consultor do Boca Juniors, um dos grandes clubes da Argentina.

Para além disto, Hélder Pereira, lidera um movimento que visa combater a morte súbita no desporto. A ideia é ensinar todos os cidadãos saibam fazer massagem cardíaca.

Alguns destaques:

"A lesão que mais frequentemente requer cirurgia é a lesão no joelho, mas a lesão mais frequente é a lesão muscular. A lesão articular mais frequente é à volta do tornozelo, é a entorse do tornozelo."

"Uma das grandes mensagens de paz do papa Francisco é ele aceitar uma camisola do Boca e que está exposto na Bombonera, na zona do balneário. Sabemos toda a gente que ele não é adepto do Boca. É uma mensagem de paz."

"O meu clube desde pequeno é o Benfica. O único clube em que continuo a pagar quotas como associado é o Vitória de Guimarães, por causa do meu pai", revela. Sobre o casamento com uma portista, não tem meias medidas: "Desgraçou as minhas filhas, levou-as para o [FC] Porto. Em casa não é nada tranquilo. O ambiente é muito agressivo. Chego a casa, se o Benfica perdeu, as minhas filhas estão equipadas com o equipamento do FC Porto".

Quanto à intervenção dos médicos no futebol, Hélder Pereira explica as alterações. "A FIFA mudou as regras do jogo. Hoje em dia, se o médico vir alguém cair inanimado sem traumatismo, não precisa de pedir licença a ninguém. Tem de, imediatamente, entrar em campo."

Ver aqui o programa "Entrelinhas", conduzido por João Ricardo Pateiro, na antena da TSF às quartas-feiras, pelas 20 horas.

  COMENTÁRIOS