A "turma dos repetentes" na conquista da Taça de Portugal

A propósito dos poucos jogadores dos planteis de Porto e Sporting que já conquistaram uma Taça de Portugal, fazemos uma viagem no tempo para lembrar quem são os recordistas de triunfos na história da prova.

Para a esmagadora maioria dos elementos dos planteis das duas equipas finalistas da Taça de Portugal 2018/19 esta é uma grande oportunidade de juntar a conquista da prova ao seu curriculum.

Na verdade, poucos são os elementos dos dois grupos de trabalho que já venceram a Taça de Portugal.

Entre os portistas há dois casos, Pepe (em 2006, pelo Porto) e Maxi Pereira (em 2014, pelo Benfica), e ainda um terceiro jogador que mesmo tendo estado emprestado na segunda parte da temporada poderá receber a medalha de vencedor da prova pela segunda vez: trata-se de Sérgio Oliveira que em 2010 atuou um total de 90 minutos pelo Porto que ganhou a Taça e que na presente temporada já somou 53 minutos na competição.

No plantel do Sporting são também dois os elementos do atual plantel que podem repetir a conquista, os defesas Jefferson (que ganhou a prova ao serviço do Sporting em 2015) e André Pinto, vencedor da taça em 2015, com a camisola do Sporting de Braga, exatamente numa final frente ao Porto.

A propósito, recordemos aqui os jogadores que conquistaram mais vezes a Taça de Portugal nas respetivas carreiras: são dois jogadores do Benfica de gerações diferentes, José Águas e Nené, sendo que ambos eram avançados goleadores e ganharam a prova em sete ocasiões.

Se tivermos em conta vencedores da Taça de Portugal também enquanto treinadores, há que juntar um terceiro nome ao duo referido. Trata-se de José Maria Pedroto, que conquistou cinco vezes a competição como treinador (do Porto e do Boavista, entre os anos de 1960 e 1980), para juntar às duas taças ganhas como jogador portista, na década de 1950.

A terminar refira-se que também Sérgio Conceição pode no próximo sábado juntar uma Taça ganha enquanto jogador (em 1998, ao serviço do Porto) a uma outra conquistada no papel de treinador. Mas para isso terá que levar os dragões à vitória, até porque na primeira tentativa de que dispôs, perdeu a final da competição em 2015, ao serviço do Braga, exatamente perante o... Sporting.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de