Europeus de Atletismo

Três finais do Europeus de Atletismo com cinco atletas portuguesas no sábado

Portugal vai ter cinco atletas portuguesas, em três provas diferentes, nas finais dos Europeus de atletismo, este sábado, em Berlim.

O penúltimo dia dos Campeonatos Europeus de atletismo, a decorrer em Berlim, conta com três finais onde estarão atletas portuguesas, nomeadamente Ana Cabecinha e Edna Barros, colegas no Oriental do Pechão, que disputam este sábado os 20 km marcha.

A partir das 09h05 (08h05 em Lisboa), no centro da cidade, no European Mile, Edna Barros fará a sua estreia em Europeus absolutos, por isso tudo o que puder fazer será aprendizagem, já Ana Cabecinha surge com outra responsabilidade.

Sexta classificada nos últimos Europeus com marcha atlética, em 2014, a recordista nacional está cautelosa em relação à final.

"A época tem tido altos e baixos, está a ser diferente do meu normal em termos de resultados. Tenho trabalhado sempre com o objetivo de estar no meu melhor aqui em Berlim. Treinei bem e estou bem, mas isso às vezes não significa grande coisa, as expectativas são as melhores, foi para isso que treinei, foi para isso que abdiquei de muita coisa esta época e espero que o resultado seja melhor do que no último Europeu de há quatro anos e melhor ainda do que nesta Taça do Mundo deste ano", referiu a atleta na antevisão da sua prova.

Para a hora da prova, espera-se uma quebra grande na temperatura, que tem estado muito alta, situação que não é do agrado de Ana Cabecinha. "Isso para mim não é benéfico, é benéfico para alguns, mas na procura de um bom lugar, para mim, quando está calor é quando consigo melhores resultados", concluiu.

No Estádio Olímpico de Berlim, seguem-se as duas outras finais. Primeiro a do salto em comprimento, às 20h00, onde se irá estrear Evelise Veiga. A atleta do Sporting, na sua estreia em grandes campeonatos, já atingiu um ponto alto ao chegar aqui, a esta final, igualando o recorde nacional de sub-23 (6,61 metros), que já lhe pertence e que foi obtido nesta temporada.

Numa prova em que as favoritas são a britânica Lorraine Ugen (melhor do ano com 7,05 metros) e a sérvia Ivana Spanovic (6,99), campeã da Europa em 2016 ( resta saber se competirá, já que na manhã de ontem esteve a fazer exames médicos numa clínica em Berlim, de onde saiu com aspeto carregado ), qualquer resultado que a portuguesa venha a obter é já uma vitória.

A última final com portuguesas, o lançamento do disco, começa às 20h20, e tem Irina Rodrigues e Liliana Cá. A mais experiente das portuguesas, Irina Rodrigues, conseguiu chegar à final na sua quarta presença em Europeus, e fê-lo com a quarta marca entre todas as apuradas (59,22 metros).

Liliana Cá, depois de se ter estreado em Barcelona, ter abandonado a modalidade e regressado a treinar há dois anos, volta a um Europeu e também consegue chegar à final com 58,37 metros, a sétima marca de apuramento.

Este é um feito inédito para o atletismo português, com duas lançadoras na final do disco.

Programa dos portugueses:

Às 08h05 - 20 km marcha ( feminino ) final com Ana Cabecinha e Edna Barros

Às 19h05 - Salto em comprimento ( Femininos ), final com Evelise Veiga

Às 19h20 - Disco ( femininos ), final com Irina Rodrigues e Liliana Cá

  COMENTÁRIOS