Brasil

"É gente boa." Gabriel Jesus elogia "talento incrível" de Bernardo Silva

O avançado brasileiro, colega de Bernardo Silva no Manchester City, integra a seleção brasileira que defronta no sábado o Panamá, no Estádio do Dragão.

O avançado brasileiro Gabriel Jesus considerou esta terça-feira que a seleção portuguesa de futebol "ganha com o talento incrível" de Bernardo Silva, seu companheiro de equipa no Manchester City, de Inglaterra.

PUB

"É gente boa e brincamos muito com o estilo dele. É um craque que tem ajudado muito a nossa equipa. É incrível a consistência dele e a forma como corre 15 quilómetros durante um jogo. Não é a toa que o Guardiola o tem elogiado. A seleção portuguesa ganha com o talento incrível que o Bernardo tem", disse Gabriel Jesus.

O jovem jogador brasileiro, de 21 anos, está integrado no estágio que a seleção do seu país está a realizar na cidade do Porto, tendo em vista o jogo de sábado, frente ao Panamá, no Estádio do Dragão, mas abordou a carreira do Manchester City na Liga dos Campeões.

"A equipa continua a evoluir, mas estamos muito felizes de estar nos quartos de final da 'Champions'. É uma prova que o clube nunca ganhou e estamos muito focados para que isso aconteça, mas também na luta por outras competições", sublinhou o atacante.

Quando confrontando com a sua utilização irregular nos últimos tempos, tanto nas opções do Manchester City como na seleção brasileira, Gabriel Jesus reconheceu a intermitência, mas lembrou que ainda é um jogador jovem.

"Tenho conversado bastante sobre isso com a minha família e amigos. Surgi muito rápido no futebol, com momentos muitos bons, mas hoje tenho uma parada, que é normal, porque tenho 21 anos. Tenho de voltar a buscar o meu espaço", afirmou.

Voltando ao tema da seleção brasileira, Gabriel Jesus reconheceu a falta que faz Neymar, atualmente lesionado, às opções da 'canarinha'.

"É o principal jogador brasileiro, sou muito fã. Faz muita falta dentro de campo, pela alegria que ele espalha e, no campo, por todo o talento que tem", analisou o jovem avançado.

Também presente nesta conferência de imprensa da seleção brasileira esteve Felipe Anderson, avançado do West Ham, que se estreia na convocatória do técnico Tite, e que falou da impressão de trabalhar com os dois atletas do FC Porto, Éder Militão e Alex Telles, este último também em estreia na 'canarinha'.

"São dois jogadores muito fortes, que vêm ajudar muito a seleção. Fico feliz por os conhecer de perto, e perceber a qualidade que estão a trazer à equipa", analisou Felipe Anderson.

  COMENTÁRIOS