Primeira Liga

Benfica volta a vencer em Guimarães. Seferovic saltou do banco para desbloquear

Num jogo eletrizante em Guimarães, o avançado suíço marcou o único golo da partida aos 80 minutos. Veja o golo.

PUB

O Benfica foi recebido num ambiente característico do estádio D. Afonso Henriques: um ambiente frenético. A equipa do Vitória entrou melhor na partida, com algumas jogadas com perigo para a baliza de Vlachodimos mas sem nunca concretizar. Ambos os laterais e o médio criativo Tozé deram muitas dores de cabeça à defesa do Benfica formada por Jardel e Conti, que foi chamado para o lugar do castigado Rúben Dias.

Do outro lado, no ataque encarnado, estava uma cara nova: Castillo foi chamado ao onze titular pelo técnico Bruno Lage. Aos 26 minutos, uma perda de bola a meio campo deixou a equipa de Luís Castro descompensada e Pizzi aproveitou para obrigar Douglas a uma grande defesa. Era o primeiro lance de perigo para as águias.

O Vitória continuava elétrico, com muita dinâmica no ataque. No lado direito, Tozé aproveitou um deslize de Grimaldo, cruzou para a área, a bola sobrou para André André. O internacional português ex-FC Porto rematou com perigo sobre a barra da baliza de Vlachodimos.

O aviso deu um impulso ao Benfica que confiava na "magia" do miúdo João Félix para contornar a defesa minhota. Logo a seguir, do lado esquerdo, Cervi cruzou e encontrou Castillo. O chileno só não marcou porque Osorio deu o corpo ao manifesto, desviando a bola para canto.

Tal como nas bancadas, o encontro estava frenético. O Vitória respondeu novamente com perigo por intermédio de Tozé. O médio fez um remate e obrigou Vlachodimos a mostar a sua qualidade numa grande defesa.

Antes do intervalo, o guardião encarnado ainda conseguiu evitar o golo da equipa da cidade berço. O avançado Alexandre Guedes apareceu sozinho mas o greco-alemão defendeu com os pés.

Na segunda parte, o ambiente eletrizante manteve-se. O Benfica tentou explorar o espaço que o Vitória concedia mas a equipa de Luís Castro era um osso duro de roer. Exemplo disso foram os vários lances de perigo junto à baliza encarnada, com Tozé novamente em evidência.

O Benfica mostrava alguns sinais de incapacidade para responder à avalanche ofensiva do Vitória. Bruno Lage colocou em campo Rafa para o lugar de Pizzi. Pouco depois, o técnico encarnado fez entrar Seferovic, substituindo Castillo que esteve um pouco apagado.

Aos 77 minutos, Rafa Soares teve uma grande oportunidade para adiantar o Vitória no marcador. Num remate de fora da área a bola passou muito perto da baliza encarnada. Vlachodimos estava batido.

O ritmo não abrandava e quem inaugurou o marcador foi o Benfica. Gabriel fez um passe a rasgar para André Almeida. O lateral recebeu a bola, cruzando-a para a área onde estava o suiço, que só teve de encostar para o 0-1, a 10 minutos dos 90.

Nos descontos, Seferovic teve novamente oportunidade de fazer o gosto ao pé. Grimaldo isolou-se pela esquerda mas o internacional suíço não conseguiu concretizar.

Resultado final em Guimarães. O Benfica soma a segunda vitória em menos de uma semana no Minho e mantém a segunda posição do campeonato, a cinco pontos do FC Porto, que goleou esta sexta-feira o Chaves (1-4).

Veja o golo:

Veja os lances

Onze do Vitória: Douglas; Sacko, Pedro Henrique, Osorio, Rafa Soares, Wakaso, André André, Joseph, Davidson, Tozé e Guedes.

Onze do Benfica: Vlachodimos; André Almeida, Conti, Jardel e Grimaldo; Pizzi, Gabriel, Samaris e Cervi; João Félix e Castillo.

  COMENTÁRIOS