mercado de transferências

Bryan Ruiz vai jogar no Santos

O médio encontrava-se sem clube, depois de no mês passado ter terminado o seu vínculo contratual com o Sporting.

O Santos FC oficializou, esta quarta-feira, nas suas redes sociais, a contratação de Bryan Ruiz, que vai vestir a camisola 10. O médio assinou por duas épocas, depois de ter terminado contrato com o Sporting no final desta temporada e de se encontrar livre.

O capitão da seleção costa-riquenha, que participou neste Campeonato do Mundo, onde ficou pela primeira fase, apenas com ponto e em último do grupo E, vai jogar pela primeira vez no Brasil e no sul da América.

Curiosamente, o Brasil foi um dos países que Bryan Ruiz defrontou, ao serviço da Costa Rica, no Mundial da Rússia, num jogo onde perdeu por 2-0, com golos de Coutinho e Neymar, já no período de compensação (90+1' e 90+7').

No entanto, o ex-Sporting já jogou em solo brasileiro, mas ao serviço da sua seleção, no Mundial 2014, naquela que foi a melhor prestação se sempre dos "ticos" num Campeonato do Mundo de futebol, onde apenas foram eliminados nos quartos-de-final, pela Holanda, nas grandes penalidades (4-3).

Nesse torneio, em que a Costa Rica foi a equipa sensação, terminando em primeiro do grupo, com sete pontos, seguida do Uruguai, que passou em segundo, e em que a grande surpresa acabou por ser a eliminação da Itália e da Inglaterra, que enquanto favoritos do grupo terminaram em 3.º e 4.º, Bryan marcou por duas vezes (contra a Itália na fase de grupos e Grécia nos oitavos-de-final, num jogo que terminou empatado 1-1, sendo apenas decidido nas grandes penalidades por 5-3 a favor da Costa Rica) ao contrário do Mundial deste ano, em que ficou em branco.

O jogador de 32 anos, formado no Alajuelense, da Costa Rica, abandona o futebol europeu ao fim de 13 temporadas. Chegou à Europa em 2006, para representar o Gent da Bélgica, onde esteve durante três anos. Em 2009, mudou-se para o Twente, da Holanda, onde esteve durante dois anos, conquistando um campeonato holandês (2010) e uma Taça da Holanda (2011). Em 2011, Ruiz transferiu-se para o Fulham, de Inglaterra, clube ao qual esteve ligado durante cinco anos, sendo que na 4.ª época, regressou à Holanda, por empréstimo dos britânicos, para representar o PSV. Em 2015, Ruiz chega a Portugal para representar o Sporting.

Ao serviço do clube de Alvalade, onde esteve nos últimos três anos, Bryan Ruiz ganhou uma Supertaça Cândido de Oliveira, na sua primeira época de leão ao peito (2015) e venceu uma Taça da Liga, nesta que foi a sua última temporada ao serviço dos verdes e brancos. O jogador foi fundamental na conquista da primeira Taça da Liga, da história do clube, ao marcar a grande penalidade decisiva nas meias-finais, frente ao FC Porto, que garantiu a presença dos leões na final da prova, conquistada também nas grandes penalidades, frente ao Vitória de Setúbal. O jogador, que começou a época passada preterido do plantel, por Jorge Jesus, acabaria por ser reintegrado na equipa, em novembro do ano passado, acabando a época como titular no onze de Jesus.

O jogador deixa o Sporting, depois de marcar 18 golos em 121 jogos, nas três épocas em que vestiu a camisola dos leões.

"É um grande desafio para a minha carreira, estou feliz e orgulhoso por chegar a um grande clube. Uma grande saudação a todos os adeptos do clube", disse Bryan Ruiz, na apresentação no Santos.

"Espero que o Brasil seja um país de sorte para mim", acrescentou o jogador, que 'herda' o número 10, camisola que já foi de Pelé.

  COMENTÁRIOS