Taça da Liga

Varzim vence Belenenses com reviravolta e lidera grupo na Taça da Liga

Os poveiros venceram o Belenenses por 2-1.

O Varzim venceu este domingo o Belenenses, por 2-1, em partida da primeira jornada do grupo C da Taça da Liga de futebol, em que os poveiros consumaram a reviravolta no último minuto, em superioridade numérica.

Depois dos lisboetas se terem adiantado, ainda na primeira parte, com um golo de livre de Lucca, aos 30 minutos, a formação nortenha, mostrou-se mais eficaz no segundo tempo, chegando à vitória com os tentos de Jonathan, aos 69, e Estrela, já aos 90.

Com este resultado, o Varzim assume a liderança do grupo, com três pontos, superando FC Porto e Desportivo de Chaves, que empataram nesta ronda inaugural e somam um, enquanto o Belenenses fica no derradeiro posto, sem pontos.

Os donos do terreno, que militam na II Liga, entraram no jogo a esbater a diferença de escalão para os primodivisionários lisboetas, revelando-se uma equipa muito pressionante e criando as primeiras oportunidades de perigo.

Estrela, ainda antes do quarto de hora, com um remate ao lado, e as 'repetições' protagonizadas por Jonathan e Haman frisaram a melhor entrada dos poveiros, que apesar de mais expeditos e velozes, não disfarçavam algumas dificuldades na finalização.

Do outro lado, o Belenenses fazia valer a sua experiência para ir controlando o adversário, e, mesmo não se mostrando tão fulgurante nas movimentações ofensivas, acabou por ser letal quando a oportunidade surgiu.

Aos 30 minutos, Lucca aproveitou um livre à entrada da área, para rematar de forma exemplar e inaugurar o marcador, contrariando a corrente do desafio, mas fixando o 1-0 com que se chegou ao intervalo.

Durante o tempo de descanso, o defesa do Belenenses Sagna teve uma indisposição e já não voltou para o jogo, sendo rendido por Diogo Viana, que ajudou a turma de Belém a regressar com mais dinâmica.

Logo aos 58, Dálcio, com um remate de longe, voltou a ameaçar o segundo golo para os visitantes, num remate desviado por um toque subtil do guarda-redes da casa.

Ainda assim, os poveiros mantiveram a garra, e aos 69 foram premiados pela entrega ao jogo, num contra-ataque desenhado por Cherif e Baikoro, e finalizado com um cabeceamento de Jonathan, para o 1-1.

As contrariedades para o Belenenses não se ficaram por aqui, pois aos 81 minutos perderam Diogo Viana, por lesão, jogando os derradeiros minutos em inferioridade numérica.

Disso se aproveitou o Varzim, para voltar a intensificar a pressão, e recolher frutos já no último minuto, em mais um contra-ataque eficaz, desta feita finalizado com um desvio de Estrela, a consumar a reviravolta após cruzamento de Júlio Alves.

Na próxima ronda do grupo, os poveiros deslocam-se ao terreno do FC Porto, enquanto o Belenenses defronta o Desportivo de Chaves.

  COMENTÁRIOS