Conselho de Arbitragem vai analisar declarações de Bruno de Carvalho

Presidente do Sporting acusou o Benfica de oferecer prendas a árbitros. APAF garante que os juízes cumprem os códigos da UEFA.

Fonte do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol revelou à TSF que as declarações do presidente do Sporting serão analisadas naquele órgão.

José Fontelas Gomes, presidente da A Associação de Árbitros de Futebol, esclareceu entretanto que as ofertas do Benfica cumprem as indicações da UEFA.

Cada árbitro pode receber prendas no valor de aproximadamente 200 euros.

"Os árbitros seguem escrupulosamente aquilo que é o código de ética instituíido pela UEFA, nem mais nem menos. Tenho a certeza que nenhum árbitro utilizou esses convites e a oferta de camisolas é comum em toda a Europa", garante o dirigente dos árbitros.

Bruno de Carvalho disse na TVI24 que o Benfica gasta perto de 250 mil euros em ofertas a árbitros durante a época. Bruno de Carvalho baseou as suas afirmações numa alegada denúncia anónima, mostrando mesmo uma caixa oferta entregue pelo Benfica aos árbitros nos jogos das suas equipas.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de