Liga das Nações

Contente com o jogo na Polónia, Fernando Santos não esquece momento de "deslumbramento"

Selecionador português abordou a ausência de Cristiano Ronaldo, reforçando que sem ele, a equipa também conseguiu vencer.

Portugal venceu esta quinta-feira a Polónia por 3-2, num jogo a contar para a Liga das Nações. No final da partida, apesar de ter ficado agradado com a exibição portuguesa, o selecionador nacional, Fernando Santos, falou de um momento de "deslumbramento" que podia ter deitado tudo a perder.

"Foi um muito bom jogo, com as duas equipas a quererem vencer. Portugal esteve muito bem, a controlar a posse e a não permitir o ADN da Polónia, mas foram eles que concretizaram, num lance em que não é muito normal Portugal ser batido. Podia ter sido um momento difícil do jogo, porque, a defender, a Polónia sai muito bem em transições, mas Portugal reagiu muito bem, fez o empate e chegou ao segundo e terceiro. Depois, houve um pouco de deslumbramento, só posse e perda de bola em zonas proibidas", recordou.

Cristiano Ronaldo, capitão da seleção portuguesa está, neste momento, no meio de um turbilhão mediático e não está sequer convocado para a equipa das quinas. Fernando Santos acabou por minimizar a importância desta ausência. "Nenhuma equipa pode ser melhor sem o melhor do mundo (Cristiano Ronaldo). Ele não esteve aqui e se tivesse estado e tivéssemos ganho não estaríamos a falar disso. Não esteve e a equipa respondeu muito bem, mas não vale a pena falar de quem não está. Sei o que a equipa está a fazer, e sem treinos, tem confiança e assume o jogo, mas Ronaldo é sempre Ronaldo".

Taticamente, reforçou o selecionador, Ronaldo nem teria encaixado no esquema português utilizado esta quinta-feira. "O Cristiano não é um extremo e, nestes jogos, até jogámos com extremos. Ele é mais um avançado, que cai à esquerda e aparece muitas vezes em zonas de finalização. Com a vinda dele, vamos ter que encarar uma fórmula à esquerda para resolver essas questões, mas o William está muito bem. Vamos pensar depois".

  COMENTÁRIOS