Depois do Clássico, FC Porto vence Vitória de Guimarães em jogo "quente"

Os dragões venceram o Vitória SC, que terminou o encontro reduzido a nove jogadores. Tapsoba e Davidson foram expulsos por Carlos Xistra. Veja os golos

O FC Porto venceu este domingo o Vitória de Guimarães por 3-0, com golos de Marega (bis) e Marcano. O encontro ficou marcado pela expulsão, logo no primeiro minuto de jogo, de Tapsoba, da equipa minhota, que terminou um encontro reduzida a nove. Davidson também foi expulso na segunda parte por palavras ao árbitro Carlos Xistra.

Foi num ambiente frenético que começou o FC Porto - Vitória de Guimarães. Os adeptos faziam a festa nas bancadas e, alguns ainda se sentava quando surgiu o primeiro caso do jogo. Aos 45 segundos, Carlos Xistra puxou do vermelho e mostrou-o ao central Tapsoba, por falta à entrada da área sobre Marega. O VAR validou a decisão.

Com a equipa em inferioridade numérica Ivo Vieira procedeu à primeira substituição. Aos 6 minutos Pepê cedeu o lugar a Pedro Henrique.

O golo inaugural da partida surgiu aos 14 minutos, saindo dos pés de Moussa Marega que marcou para os dragões depois de sentar o guarda-redes Miguel Silva.

Aos 19 minutos, Rochinha quase conseguia o golo do empate, mas o guarda-redes Marchesín respondeu uma boa defesa.

Apesar de jogar com mais um e em vantagem no marcador, Sérgio Conceição mandou vários jogares para o aquecimento antes da meia hora de jogo.

O central do FC Porto Marcano apareceu a cabecear na área do Vitória aos 29 minutos, mas a bola saiu à barra. O FC Porto dominou a primeira meia hora de jogo, apesar da equipa de Guimarães se manter organizada, não assusta os comandados de Conceição.

Mais uma contrariedade para Ivo Vieira. Aos 39 minutos o médio defensivo Al Musrati saiu lesionado, entrando para o seu lugar o ex-portista João Carlos Teixeira.

Preocupações também para Fernando Santos. O central Pepe sai lesionado e é substituído por Mbemba, que se estreia em jogos oficiais esta época.

As muitas interrupções levaram o árbitro a dar 7 minutos de compensação. No período de descontos houve uma oportunidade para cada lado, mas Lucas Evangelista pelo Guimarães e Zé Luis para o FC Porto não acertaram na baliza.

Segunda parte com golos e mais uma expulsão

A igualdade esteve à vista no arranque da 2ª parte. Foi por pouco que Zé Luís não fez um autogolo. Após cruzamento de Rafa Soares, o jogador do FC Porto desviou a bola que ainda bateu no poste. Pouco depois nova oportunidade para o Vitória de Guimarães, na sequência de um livre perigoso para a baliza do FC Porto a bola saiu ao muito perto do poste direito da baliza.

Grande jogada do FC Porto aos 58 minutos Mbemba pôs em Baró, que tocou para Zé Luís e o avançado, de primeira, isola Baró. O jovem portista desperdiçou a oportunidade. Aos 59 minutos reclamou-se penalty no Dragão. Miguel Silva falha o tempo de saída e terá acertado em Marcano. Depois de consultar o VAR, Carlos Xistra mandou jogar.

Primeiros 15 minutos da 2ª parte intensos.

Aos 60 minutos grande oportunidade para o FC Porto, cruzamento de Baró, a defesa do Vitória corta, mas deixa a bola à mercê de Marega que remata rasteiro para defesa de Miguel Silva.

À entrada dos 15 minutos finais, grande defesa de Marchesín a remate de Lucas Evangelista

Aos 77 minutos, o treinador do FC Porto faz duas substituições de uma assentada. Entram Otávio e Soares, saem Zé Luís e Romário Baró

Duplo amarelo para Davidson, que é expulso aos 78 minutos. O Jogador do Vitória reclamou canto de forma veemente, Carlos Xistra deu-lhe o amarelo e logo depois o vermelho direto. Davidson fica de cabeça perdida e Ivo Vieira entra em campo para segurar o jogador.

Última alteração de Ivo Vieira, aos 82 minutos saiu Poha para entrar Florent Hanin.

Marega volta a perdoar o segundo. O Maliano dispôs de uma boa oportunidade, mas rematou com pouca força e Miguel Silva salvou. Aos 87 minutos mais uma oportunidade mais uma grande defesa do guardião vimaranense. Miguel Silva faz uma grande defesa a uma autêntica 'bomba' saída do pé esquerdo de Danilo.

Luis Díaz rematou à figura de Miguel Silva, que não segurou e na recarga Marcano faz o segundo. O guarda-redes do Vitória não fica nada bem na 'fotografia'. A posição de Soares suscitou dúvidas, mas Carlos Xistra consulta o VAR e valida o golo, estávamos no minuto 88.

Marega bisa à nos descontos. Otávio assistiu para o maliano que fez o terceiro para os da casa.

Onze do FC Porto: Marchesín, Corona, Pepe, Marcano, Alex Telles, Romário Baró, Danilo, Matheus Uribe, Luis Díaz, Zé Luís e Marega

Suplentes: Diogo Costa, Bruno Costa, Mbemba, Manafá, Otávio, Soares e Fábio Silva.

Onze do Vitória: Miguel Silva, Sacko, Tapsoba, Bondarenko, Rafa Soares, Al Musrati, Poha, Rochinha, Pêpê, Lucas Evangelista e Davidson

Suplentes: Douglas, Pedro Henrique, João Carlos Teixeira, Florent, André Almeida, Lucas e Bruno

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de