Primeira Liga

Era uma vez um médio com 20 golos. Sporting vence "aflito" Feirense

Veja os golos. Leões visitaram e venceram o último classificado do campeonato por 3-1.

PUB

A visita a uma equipa "aflita" nunca é fácil, mas torna-se um pouco mais simples quando, algures no meio-campo, há alguém que já leva 20 golos só nesta época. É o caso do Sporting, que tem Bruno Fernandes e o seu pé direito, se bem que este domingo até a cabeça lhe serviu para marcar golos... em mergulho. E isso valeu uma vitória por 3-1 em Santa Maria da Feira.

O jogo começou com estrondo... na perna de Bruno Fernandes. Marco Soares entrou de forma displicente sobre o médio português que, aos dois minutos de jogo, já se contorcia no relvado dos fogaceiros.

O novo treinador do Feirense, Filipe Martins (ex-Mafra) procurava que a sua equipa organizasse a partir de trás, dando aos defesas centrais a responsabilidade de sair a jogar. O Sporting agradecia, já que obrigava os azuis a jogar para as alas, onde Borja, Ristovski, Diaby e Acuña iam controlando o que se passava.

Já a construção sportinguista, embora seguisse o mesmo modelo de saída de bola através de Coates e Ilori, conseguia ser bem-sucedida. Bruno Fernandes e Wendel eram quem mais contribua para o transporte de jogo... o problema era fazer a bola chegar a Bas Dost.

Aos 25 minutos a bola entrou mesmo na baliza de Renan, mas a jogada acabou por ser anulada por Manuel Mota, tirando a Marco Soares um golo que tinha sido marcado com as costas. Diga bateu um canto do lado direito que fez a bola rasar o primeiro poste, onde foi desviada por Flávio Ramos contra Renan. A bola ressaltou para o corpo de Marco Soares e acabou por entrar na baliza. Na revisão com recurso ao VAR, Manuel Mota acabou por assinalar uma falta sobre Renan.

Não foi preciso muito tempo para, na outra baliza, ver André Moreira agigantar-se perante Bas Dost. Na sequência de um livre lateral, a bola sobrou para o holandês que, à boca da baliza, viu André Moreira negar-lhe aquele que seria o primeiro golo da partida.

O primeiro golo da partida chegou aos 44 minutos, por meio de... Briseño. Borja cruzou a partir da esquerda e Wendel desviou a bola, que acabou por ressaltar em Briseño. O tento foi atribuído ao mexicano e o Sporting fazia o 1-0.

O intervalo chegou com o Sporting tranquilo e a vencer por conta de outrém. Na segunda parte, foi preciso esperar 15 minutos até que se voltasse a criar perigo significativo.

Aos 58 minutos, Diaby cruzou de forma tensa e de pé esquerdo. Na pequena área, à ponta de lança, Bruno Fernandes cabeceou para o fundo das redes e dilatou a vantagem sportinguista.

Passaram dez minutos e o Feirense deu a Bruno Fernandes algo que nunca lhe deve ser oferecido: um livre direto frontal. Os olhos do médio português brilharam ao olhar para a bola naquela posição. O número 8 tirou as medidas à baliza e fez a bola sobrevoar a barreira. O esférico foi aninhar-se nas redes defendidas por André Moreira e Bruno Fernandes fazia o golo 20(!) da época em todas as competições.

Keizer quis dar descanso a Bruno Fernandes e, aos 75 minutos, substitui-o por um velho conhecido de Alvalade: Francisco Geraldes. O médio, que regressou do empréstimo ao Eintracht, jogo pela primeira vez desde que chegou.

Os 3-0 davam ao Sporting uma sensação de segurança que se tornou perigosa. Numa bola bombeada para a grande área, Borja e Coates desentenderam-se e acabaram por deixar o esférico bater na relva, que lhes passou por cima. Stivan não esteve com meias medidas e, em pleno voo, disparou um remate à meia volta que só parou no fundo da baliza defendida por Renan. Estava feito o 3-1.

Daí ao final do jogo foi, como se costuma dizer, um pulinho. O Sporting soma 42 pontos e mantém-se no quarto lugar, a nove pontos do FC Porto, que é líder. Já o Feirense mantém-se na última posição do campeonato, com 14 pontos, a seis da "segurança".

Marco Soares viu um golo ser-lhe anulado aos 25 minutos.

Briseño fez autogolo aos 44'.

À ponta de lança, Bruno Fernandes marcou aos 58'.

De livre direto, aos 68', Bruno Fernandes fez o 3-0.

Stivan reduziu aos 76'.

Onze do Feirense: André Moreira; Diga, Briseño, Flávio Ramos e Vítor Bruno; Marco Soares e Cris; José Valencia, Tiago Silva e Sturgeon; João Silva.

Onze do Sporting: Renan, Ristovski, Coates, Ilori, Borja, Gudelj, Wendel, Bruno Fernandes, Diaby, Acuña e Bas Dost.

Marcel Keizer promoveu alterações na convocatória leonina e chamou Abdu Conté, Idrissa Doumbia e Francisco Geraldes à lista.

Suplentes do Feirense: Dele Alampasu, Bruno Nascimento, Tiago Gomes, Lawrence Ofori, Kuca, Mateus Anderson e Stivan.

Suplentes do Sporting: Salin, Abdu Conté, Bruno Gaspar, Doumbia, Francisco Geraldes, Raphinha e Luiz Phellype.

O jogo é apitado por Manuel Mota, assistido por Jorge Fernandes e Nélson Cunha. Bruno Esteves estará no VAR.

  COMENTÁRIOS