"Espero que a mensagem de Bruno Lage sirva de exemplo para todos"

Secretário de Estado do Desporto reforça o apelo para o fim da violência no desporto.

O secretário de Estado do Desporto e da Juventude lamenta mais um episódio de violência no desporto, referindo-se aos desacatos registados durante jogo particular deste sábado entre a Académica e o Benfica, em Coimbra.

Um adepto está hospitalizado com uma fratura vertebral, segundo informou o clube encarnado.

Em declarações à TSF, João Paulo Rebelo exige a "erradicação" da violência no futebol. "Lamento quando isto acontece num jogo amigável", disse o governante.

O secretário de Estado do Desporto e da Juventude concorda ainda com a mensagem do treinador do Benfica, Bruno Lage que criticou os desacatos.

"São afirmações que eu de alguma forma compreendo. Temos de perceber que vivemos no Estado de Direito, há uma lei e é nesse sentido que temos de trabalhar. Espero que as suas declarações sirvam para dar exemplo", disse.

João Paulo Rebelo argumenta que o nova lei contra a violência no desporto ​​​​​​vai melhorar a prevenção e o combate destes episódios. Da parte do governo, pouco mais pode ser feito.

"Houve alterações à lei. Aumentaram as sanções, as multas. Criou mecanismos de celeridade processual. Sinceramente, não vejo que possamos fazer mais do que isto", reforçando o apelo ao fim da violência.

Durante o jogo entre a Académica e o Benfica, registaram-se desacatos numa das bancadas, o que levou a polícia a intervir.

Fonte da PSP adiantou à TSF que uma pessoa foi detida por invasão do terreno de jogo e outras quatro foram identificados na sequência dos distúrbios durante o Académica-Benfica.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de