Ex-benfiquista Gabigol marcou o primeiro golo do Flamengo na era Jorge Jesus

O início da era Jorge Jesus fica marcada por um golo de um ex-jogador do Benfica.

O ex-benfiquista Gabriel Barbosa, mais conhecido por Gabigol, marcou o primeiro golo do Flamengo na era Jorge Jesus.

Foi aos 64 minutos da partida disputada na Arena da Baixada, em Curitiba, com o Athletico Paranaense para os quartos-de-final da Copa do Brasil, que terminou 1-1.

Na próxima quarta-feira, as duas equipas reencontram-se, desta vez no Maracanã, no Rio de Janeiro, para a segunda mão.

Quem ganhar passa. Caso se verifique um novo empate, qualquer empate, porque o golo fora não conta, o jogo vai a penáltis.

Jorge Jesus gostou do resultado frente a uma equipa conhecida por ser muito forte no seu estádio e no seu relvado - o único sintético do Brasil.

"A intensidade aqui é muito alta", disse Jesus, "o Athletico Paranaense é muito agressivo em casa", continuou.

"Não saio satisfeito com o empate mas penso que serve-nos mais a nós do que ao Athletico teoricamente".

Jesus explicou ainda que não colocou em campo o ex-portista Diego, uma das estrelas da equipa, porque o médio treinou condicionado durante a semana. E porque montou um meio-campo do Fla mais coeso a pensar que Lucho González, outro ex-portista, jogasse pelo Athletico, o que acabou por não acontecer.

O português elogiou a arbitragem - "esteve impecável em todos os principais lances do jogo", disse - e os seus jogadores - "é um grupo muito profissional, que gosta de trabalhar e de aprender, mas o mérito não é meu, é do Abel Braga que o soube escolher".

O Fla volta a campo no próximo domingo, às 15 horas de Portugal, desta vez para defrontar o Goiás para o Brasileirão.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de