Mundial 2018

Há algo ainda a provar, garantem os treinadores de Bélgica e Inglaterra

As duas equipas encontram-se pela segunda vez neste mundial. Na fase de grupos, vitória belga por 1-0.

O técnico da Bélgica espera um jogo "sem surpresas" este sábado. Roberto Martinez conhece bem a seleção inglesa, que defrontou e venceu este mundial na última jornada da fase de grupos. Ainda assim, Roberto Martinez avisa para a capacidade dos britânicos, e traça um objetivo: não sofrer golos nas investidas rápidas inglesas ou em lances de jogo aéreo.

São estas as grandes virtudes dos ingleses, aponta o técnico da Bélgica. "A Inglaterra tem uma equipa muito dinâmica e rápida. Basta ver a velocidade que impõem Sterling ou Harry Kane ou Vardy ou a partir de uma segunda segunda linha com Lingard ou Dele Alli. Fizeram também nove golos em situações de jogo aéreo", sublinha o técnico espanhol.

Roberto Martinez esteve várias temporadas em Inglaterra, como jogador e treinador, denota ainda mudanças na mentalidade do futebol inglês nos últimos anos, alterações que, diz, se refletem também na seleção inglesa deste mundial.

Quanto à Inglaterra, o técnico Gareth Southgate destaca o percurso do rival deste domingo no campeonato do mundo. "A Bélgica fez um torneio excecional. Venceram o Brasil e depois acabaram por perder apenas com a França nas meias-finais. É uma caminhada brilhante e por isso eles querem terminar bem o torneio", indica o treinador britânico.

Para além da medalha de bronze, Gareth Southgate considera que o encontro deste sábado é uma oportunidade para provar o real valor da seleção inglesa. "Ainda não conseguimos vencer quaisquer das equipas de elite neste torneio e por isso temos de aproveitar esta oportunidade", recorda, falando sobre a eliminação com a Croácia nas meias-finais e da derrota frente à Bélgica, ainda na fase de grupos.

Southgate garante ainda que tem todos os jogadores à disposição para o encontro deste sábado.

  COMENTÁRIOS