Benfica

Já é conhecida a numeração oficial do plantel do Benfica

O reforço Facundo Ferreyra vai usar a camisola 19, número que usava na sua antiga equipa (Shakhtar Donetsk). Samaris troca o 7 pelo 22, e Rúben Dias passa a vestir a camisola 6.

Existem muitas mudanças nas camisolas do Benfica para a próxima temporada.

Para além dos números que os reforços vão usar, existem também novidades em relação a jogadores que já faziam parte do plantel em anos anteriores.

É o caso de Samaris, que desde que chegou ao clube da Luz, em 2014, tinha usado sempre a camisola 7, que antes pertencera ao goleador paraguaio Óscar Cardozo, e que este ano decidiu mudar para o número 22.

Outro jogador que também decidiu mudar de número foi o internacional português Rúben Dias, que esteve presente no Mundial 2018, na Rússia. O defesa que foi considerado, esta sexta-feira, o melhor jogador jovem da Liga Portuguesa na temporada 2018/19 deixou cair um 6 da sua camisola. Na época passada, ano de estreia pela equipa principal das águias, Rúben Dias vestia a camisola 66.

Bruno Varela foi outro dos jogadores que decidiram mudar de número. O guarda-redes português, que terminou a época como titular na baliza encarnada, passou do 30 para o 12, que pertencia ao seu "rival" brasileiro Júlio César, que saiu no mercado de inverno para o Flamengo, clube no qual terminou a carreira.

Já o extremo Franco Cervi decidiu passar para metade do número que usava. O argentino usava a camisola 22, passando a usar a número 11 na época que aí vem. A camisola 11 pertencia ao avançado brasileiro Gabriel Barbosa, que se encontrava emprestado aos benfiquistas pelo Inter de Milão, mas que acabou por sair no mercado de inverno para o Santos, clube no qual se formou.

Ola John, que se encontra também às ordens de Rui Vitória, nesta pré-época, será o número 26. O extremo holandês quando chegou ao Benfica, em 2012, escolheu a camisola número 15, até que, após sucessivos empréstimos a Hamburgo (Alemanha), Reading (Inglaterra), Wolverhampton (Inglaterra) e Deportivo (Espanha), acabou por perder a camisola 15 para André Carrillo, que chegou ao Benfica proveniente do rival Sporting, em 2016

Lisandro López, que esteve emprestado ao Inter de Milão, na segunda metade da época passada, vai passar a usar a camisola 28, visto que o 2 pertencerá ao seu companheiro da defesa, o argentino Conti.

No que toca às caras novas do plantel vermelho e branco, serão estes os números:

2-Conti, 13- André Ferreira (sucedendo assim ao retirado guardião Paulo Lopes),15-Yuri Ribeiro (esteve emprestado ao Rio Ave na época passada, vai usar o número, que era de André Carrillo), 16- Alfa Semedo (vai usar o número que pertencia a Kalaica), 19- Facundo Ferreyra (vai manter o número que usava no Shakhtar Donetsk, ou seja o 19, que pertencia a Eliseu), 23- Ebuehi (vai usar o número que era do defesa português Pedro Pereira), 25- Lema, 30- Nicolás Castillo, 77- João Amaral, 78- Alex Pinto, 79-João Félix, 83- Gedson Fernandes, 91- Heriberto, 95- Chiquinho (foi considerado o melhor jogador da II Liga, ao serviço da Académica) e o 99- Odysseas Vlachodimos.

Os jogadores que já estavam da época passada e que mantêm o mesmo número são:

1-Svilar, 3-Grimaldo, 4-Luisão, 5-Fesja, 10-Jonas, 14-Seferovic, 17-Zivkovic, 18- Salvio, 20- Krovinovic, 21- Pizzi, 24- Willock, 27- Rafa, 33- Jardel, 34- André Almeida e 55- Keaton Parks.

O Benfica divulgou esta terça-feira, na sua página oficial, os números das camisolas que os jogadores encarnados vão envergar na próxima temporada.

  COMENTÁRIOS