"Podiam ter sido sete ou oito." Jesus estreia-se no Maracanã com vitória por 6-1

O uruguaio De Arrascaeta fez um hattrick.

O Flamengo, treinado pelo português Jorge Jesus, goleou hoje por 6-1 o Goiás, em jogo da 10.ª jornada do campeonato brasileiro de futebol, que marcou a estreia do técnico no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Quatro dias depois da estreia ao comando dos cariocas, diante do Athlético Paranaense, para a Taça do Brasil (1-1), Jorge Jesus viu a sua equipa 'cilindrar' no regresso ao campeonato, com o internacional uruguaio Giorgian de Arrascaeta a inaugurar o marcador, logo aos cinco minutos, anotando o primeiro dos seus três golos na partida.

O Goiás, sétimo classificado, empatou, por Kayke, aos 12 minutos, aproveitando um erro do central Rodrigo Caio.

Um golo do guarda-redes Tadeu, na própria baliza, aos 44, e mais dois tentos de De Arrascaeta, aos 45+1 e 45+5, deram aos 'rubro-negros' uma vantagem confortável ao intervalo.

No segundo tempo, o Flamengo chegou à 'meia dúzia', graças a dois golos do avançado Gabriel Barbosa, aos 56 e 82 minutos, ambos a passe de De Arrascaeta, que retribuiu as três assistências do ex-jogador do Benfica.

O conjunto do Rio de Janeiro, que não marcava seis golos no 'Brasileirão' desde dezembro de 2004, quando venceu o Cruzeiro por 6-2.

"Podiam ter sido sete ou oito"

A maior goleada do Brasileirão, após 10 jornadas disputadas, ocorreu logo na estreia de Jorge Jesus na competição.

"Foram seis mas podiam ter sido sete ou oito", disse o português, já em conferência de imprensa.

Logo após o apito final, Gabigol atribuiu à "muita intensidade, à fidelidade ao esquema de jogo e à tática diferente", o triunfo e o começo com o pé direito do treinador português.

Com o resultado, o Fla passou a somar 20 pontos, menos seis ainda do que o líder Palmeiras, treinado por Luiz Felipe Scolari, e menos três do que o Santos, orientado pelo argentino Jorge Sampaoli.

Outro estreante foi o internacional brasileiro Rafinha, um dos reforços mais recentes do clube carioca. Ele, o peruano Trauco, Everton Ribeiro e Diego, que passou pelo FC Porto, foram as novidades de Jesus no onze titular em relação ao encontro da semana passada com o Athletico Parananense para os quartos-de-final da Copa do Brasil.

O Athletico Paranaense, aliás, é o próximo rival do Fla, já nesta quarta-feira, para a segunda mão dos quartos-de-final dessa prova.

No fim de semana seguinte, entretanto, os rubro negros deslocam-se a São Paulo para enfrentar o Corinthians.

Entretanto, os 40 milhões de adeptos do Mengão passaram um domingo santo. Até porque, como disse Jesus, "o Flamengo não é um clube, é uma religião".

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de