Ténis de Mesa

João Monteiro perde final da Taça da Europa de ténis de mesa

O português João Monteiro perdeu hoje a final da Taça da Europa de ténis de mesa, que se disputou em Gondomar, ao perder com o alemão Dimitrij Ovtcharov, por 4-2.

Perante o quinto do 'ranking' mundial e o primeiro europeu, João Monteiro, 45.º do mundo, acabou por ser batido por 11-6, 11-5, 11-8, 8-11, 11-13, 11-7.

No setor masculino, a vitória foi para a espanhola Yanfei Shen, que derrotou a turca Melek Hu, por 4-1 (4-11, 11-7, 11-9, 11-7, 11-5).

João Monteiro classificou como um "grande desempenho" a sua participação na Taça da Europa de ténis mesa, em que terminou em segundo lugar e logrou a qualificação para a Taça do Mundo.

Depois de um jogo em que Dmitrij Ovtcharov se desforrou da derrota na fase de grupos por 3-2, numa final em que mostrou porque era o principal candidato, revalidando o título conquistado há um ano ao vencer por 4-2, o mesa-tenista português lamentou "não ter conseguido a cereja em cima do bolo".

"Queria vencer, mas não foi possível, mas tive um grande desempenho. Agradeço o apoio do público, da minha família, que me veio apoiar", acrescentou o único jogador que na competição que decorreu no Pavilhão Multiusos de Gondomar foi capaz de derrotar o agora bicampeão da Taça da Europa.

Sobre o jogo, Monteiro considerou que o adversário alemão "foi muito forte nos três primeiros sets", após o que conseguiu recuperar para 3-2.

"No sexto 'set' houve um momento em que acreditei que iria conseguir empatar, mas ele voltou a afastar-se e venceu", explicou.

Assistido na coxa esquerda no quinto 'set', o atleta português não busca explicações "na dor surgida num salto" no decorrer do quarto parcial para justificar a derrota.

Admitindo que "foi bom" ter conseguido a qualificação para a Taça do Mundo, Monteiro sublinhou, no entanto, que isso se tratou de "um extra" e que o importante para ele "era conseguir um bom resultado".