Jorge Ferreira ameaçado de morte

O árbitro de Fafe e o pai foram vítimas de ameaças de morte, durante a noite de ontem, terça-feira. Vítor Pereira e Pedro Proença já manifestaram toda a solidariedade.

Fonte próxima do árbitro afirmou à TSF que chegaram a ser ameaçados de morte, entre outros avisos, que foram considerados como novas manobras de intimidação. Foram muitos os telefonemas recebidos no estabelecimento do pai do árbitro Jorge Ferreira, e variadas as ameaças feitas contra os dois.

Apesar de tudo, a noite de terça-feira acabou por ser mais calma na Tasca da Esquiça, em Fafe, mesmo tendo existido alguma agitação.

Relembre-se que na noite de segunda-feira alguns elementos dos Super Dragões estiveram no restaurante do pai do árbitro.

A mesma fonte adiantou à TSF que Jorge Ferreira mantém-se tranquilo e não pretende comentar a situação, remetendo todo e qualquer esclarecimento para os seus advogados e para o comunicado emitido ontem à noite.

Ainda não foi apresentada qualquer tipo de queixa formal junto das autoridades, e ninguém confirma se o árbitro e a sua família estarão sob proteção policial.

Jorge Ferreira tem recebido inúmeras manifestações de apoio, nomeadamente de Vítor Pereira, presidente do conselho de arbitragem da federação e de Pedro Proença, presidente da Liga de Clubes.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de