Crise no Sporting

Juventude Leonina demarca-se dos ataques de Alcochete

Num comunicado publicado na página da rede social Facebook, a claque do Sporting lamenta os incidentes da Academia de Alcochete e garante que nada tem a ver com os ataques.

O comunicado é curto e serve como esclarecimento. A claque Juventude Leonina publicou na página de Facebook um comunicado em que se demarca dos incidentes de terça-feira em Alcochete, quando um grupo de adeptos invadiu a Academia do Sporting e agrediu jogadores e equipa técnica.

A claque lamenta o que aconteceu, mas garante que nada teve a ver com os "lamentáveis factos ocorridos na Academia".

A Juve Leo salienta que tem mais de 7 mil sócios e, por isso, não pode admitir os ataques que tem sofrido "lá porque aparece uma pessoa com camisola da claque".

"A Juventude Leonina é a claque mais antiga de Portugal e merece total respeito".

A GNR deteve 21 presumivelmente envolvidos nos ataques de Alcochete. A imprensa avança que estes suspeitos estão relacionados com a claque Juventude Leonina.