Leonel Pontes tem "características" de um "bom treinador principal"

Antigo capitão sportinguista antevê que Leonel Pontes possa ter no Sporting o mesmo efeito que Lage teve no Benfica.

O antigo jogador e capitão do Sporting Tonel apela à união de forças em torno da equipa. Isto porque, entende Tonel, o Sporting tem em Leonel Pontes um técnico com "características" de um "bom treinador principal". Depois da saída de Marcel Keizer do cargo de técnico principal, Pontes vai subir dos sub-23 para assumir interinamente a equipa principal.

Tonel sabe o que é ser orientado pelo novo treinador interino do Sporting. O defesa central trabalhou com Leonel Pontes durante quatro anos, quando este era adjunto de Paulo Bento, e não tem dúvidas: não só tem capacidade para assumir a equipa num período de transição, como também a tem para continuar no cargo por mais tempo.

"Uma pessoa muito dedicada ao trabalho, muito séria", recorda o antigo defesa. "Acredito que nestes últimos dez anos - em que acompanhei o percurso - tenha crescido e evoluído ainda mais como treinador. Como pessoa é fantástico, sério, tem gosto pelo trabalho, é honesto e frontal", garante Tonel, que vê em Leonel Pontes "características" de um "bom treinador principal".

Tonel pede que, em Alvalade, se olhe para o que se passou com o Benfica e com Bruno Lage: "É uma questão de oportunidade, das coisas correrem bem e da vontade das pessoas."

A comparação não fica, no entanto por aqui: é que tal como Bruno Lage, Leonel Pontes chega à equipa A vindo da formação - onde orientou os sub-23 - e por isso pode abrir a porta da equipa principal a alguns jovens.

"O Benfica é um exemplo daquilo que é a aposta na formação. O Leonel também pode ter essa capacidade e esse conhecimento dos jogadores", embora com algumas diferenças. Tonel nota "a altura diferente, de início de época, sem poder escolher os jogadores porque o mercado já fechou".

O período de transição que esta terça-feira começou no Sporting ultrapassa o banco e aí, entende Tonel, terão de ser os capitães Bruno Fernandes, Coates e Mathieu a assumir alguns papéis. E além dos capitães, também o diretor desportivo Hugo Viana e Beto, ex-jogador que está na estrutura, devem ajudar Leonel Pontes.

"São jogadores com passado, com história e com peso no clube. É o momento de todos se unirem em volta da equipa. É importante para o Sporting poder lutar por títulos", nota Tonel, apelando à união contra as "divisões" que se têm verificado.

O próximo jogo do Sporting é no dia 15 de setembro, frente ao Boavista. Leonel Pontes tem cerca de duas semanas para preparar a equipa.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de