Marta Paço e Nuno Vitorino vencem ouro no primeiro europeu de surf adaptado

O primeiro campeonato europeu de surf adaptado começou no dia 21 com a presença de seis seleções nacionais, entre Portugal, Espanha, Itália, França, Reino Unido e Alemanha.

A surfista portuguesa Marta Paço, de 14 anos, venceu a medalha de ouro na classe AS-VI no primeiro campeonato de surf adaptado, a decorrer, na Praia do Cabedelo, em Viana do Castelo.

O presidente da Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência, João Aranha, adiantou que a atleta natural de Viana do Castelo, invisual, "entrou na primeira bateria do dia, tendo-se sagrado campeã europeia individual feminina e, após disputar a final no Open AS-VI com os atletas masculinos, alcançou o terceiro lugar no primeiro campeonato europeu de surf adaptado".

O primeiro-ministro, António Costa, já felicitou Marta Paço pela vitória.

A entrega dos prémios está marcada para as 16h00, no Centro de Alto Rendimento de Surf de Viana do Castelo, na Praia do Cabedelo, na margem esquerda do rio Lima.

Além de Marta Jordão Paço, a seleção lusa é composta por Nuno Vitorino, Camilo Abdula e Nuno Maltêz.

Segundo João Aranha, Camilo Abdula é vice-campeão europeu na classe AS1, Nuno Maltêz, na categoria AS4, foi quarto da geral e Nuno Vitorino sagrou-se campeão europeu na categoria AS 5 Assist.

Por equipas, a seleção nacional conquistou a medalha de bronze.

O presidente da Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência referiu o 1º European Adaptive Surfing Championship foi um "sucesso", destacando a organização "exemplar" do Surf Clube de Viana (SCV), e da "Câmara de Viana do Castelo que apoiou o evento desde o primeiro minuto".

"Para a seleção portuguesa foi muito bom. Os atletas da seleção nacional foram todos à final e o resultado de uma equipa que tem metade da dimensão das outras, o terceiro lugar, é muito bom", destacou João Aranha.

O primeiro campeonato europeu de surf adaptado é organizado pela Câmara Municipal, pelo Surf Clube de Viana, Federação Europeia de Surf, a Federação Portuguesa de Surf, a Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência, o Instituto Português do Desporto e Juventude, o Comité Paralímpico de Portugal.

Marta João Paço conquistou, em dezembro de 2018, a medalha de bronze no mundial de surf adaptado, nos Estados Unidos. Na altura, apenas com 13 anos e cega de nascença, Marta Jordão Paço foi a atleta mais jovem do ISA World Adptative Surfing Championship, que decorreu na praia de La Jola,em San Diego, Califórnia.

Em janeiro último, a Câmara de Viana do Castelo atribuiu-lhe à jovem, natural da freguesia de Outeiro, o título de Cidadã de Mérito, a personalidade "mais nova de sempre" a receber aquele título honorífico de Viana do Castelo.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de