Na final do Jamor o Porto parece ter mais a perder do que o Sporting

No próximo sábado estarão frente a frente duas equipas com estados de espírito bem diferentes: um Porto frustrado pelo facto de um desempenho geral semelhante ao da época transata não ter proporcionado títulos importantes e um Sporting em crescendo que, com números bem inferiores, venceu pelo menos a Taça da Liga.

A somente dois dias da grande final da Taça de Portugal, entre Sporting e Porto, as duas crónicas de Números Redondos desta sexta-feira serão reservadas à habitual análise coletiva do desempenho dos dois finalistas nesta temporada.

Para o Porto esta está a ser uma época particularmente estranha. Somou tantas derrotas (6, apenas) e empates (8) como na época anterior, mas para já só venceu um Supertaça. Das seis derrotas, a esmagadora maioria (4) aconteceram contra somente duas equipas: Benfica e Liverpool, sendo que os outros dois conjuntos que venceram os dragões foram o Vitória de Guimarães (no Dragão) e a Roma (em Itália). Mesmo estando nesta altura com uns impressionantes 75% de triunfos na temporada, a equipa de Sérgio Conceição corre o risco de terminar a temporada com a enorme sensação de fracasso.

Já do lado do Sporting, a percentagem de vitórias em jogos de todas as competições é bem menor (64%), e a equipa acumulou 10 derrotas, o que corresponde a quase 1/5 dos 53 encontros realizados. Mas já venceu uma prova (a Taça da Liga), exatamente à custa dos dragões e se conquistar a Taça tornará esta temporada muito positiva - nomeadamente depois do cataclismo que se abateu sobre Alvalade no defeso.

Para comparar o desempenho mais ou menos recente de Porto e Sporting nada como utilizar os resultados numa prova em que defrontaram exatamente os mesmos oponentes: o campeonato nacional. Ora, se tivermos em conta a segunda volta do campeonato (já com Marcel Keiser no comando técnico dos leões), a performance é muito semelhante: 42 pontos somados pelo Porto e 39 pelo Sporting, sendo que a diferença em causa de deve apenas à vitória dos portistas sobre os lisboetas na última ronda do campeonato, na qual os últimos jogaram mais de 70 minutos com 10 jogadores.

Olhando para os últimos dez encontros realizados em todas as competições, temos uma ligeira vantagem do Sporting, com 8 vitórias, não vencendo apenas os últimos 2 jogos, em casa com o Tondela e no Dragão.

Já o Porto, venceu 6 dos seus derradeiros 10 encontros, mas as duas derrotas consentidas aconteceram perante o atual finalista da Liga dos Campeões, o Liverpool. Já os dois empates registados sucederam em Braga (para a Taça) e em Vila do Conde, para o campeonato.

Assim sendo, são dois conjuntos que aparentam estar em momentos positivos que se irão encontrar no próximo sábado no Jamor.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de