"Nunca serei um problema para o FC Porto"

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, admitiu que a primeira parte frente ao Krasnodar foi muito "ingrata".

Quarenta e cinco minutos depois do apito final no Dragão, Sérgio Conceição compareceu na sala de imprensa, visivelmente frustrado face a algo que não acontecia há 19 anos: o FC Porto saiu eliminado da qualificação para a Liga dos Campeões.

O técnico do FC Porto referiu que a primeira parte, em que a equipa sofreu os três golos da equipa russa foi "ingrata", elogiando também a atitude dos jogadores durante o segundo tempo.

Questionado sobre o impacto da derrota no futuro do clube, Conceição relembrou o seu percurso no dragão.

"Aqui a sintonia é total. O presidente sabe que está completamente à vontade comigo em falarmos tudo aquilo que é necessário falar. Tenho uma força enorme. Cheguei aqui e em quatro anos o FC Porto não ganhava nada. Fomos campeões, chegámos à final da Taça de Portugal e da Taça da Liga e no ano passado perdemos o campeonato por pontos. (...) Nunca serei um problema para o FC Porto. Gosto demais do FC Porto para ser um problema", disse.

"Estou aqui com toda a força do mundo. A partir deste resultado com vontade de ganhar títulos este ano", acrescentou.

"Não é fácil porque ninguém gosta de perder. O nosso lugar é na Liga dos Campeões, não vamos estar na Liga Europa, não é o nosso lugar. Compreendo a frustração dos adeptos, que é a mesma de todos, equipa técnica, staff e jogadores", vincou.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de