Paços de Ferreira regressa à I Liga. Vítor Oliveira reforça título de rei das subidas

O Paços de Ferreira venceu o Académico de Viseu por duas bolas a uma.

O Futebol Clube Paços de Ferreira venceu o Académico de Viseu, por 2-1, num jogo em casa que lhe garantiu a subida à I Liga de Futebol.

O treinador da equipa Vítor Oliveira tem 65 anos e é considerado o rei das subidas, por ter conseguido dez subidas de divisão com várias equipas da II Liga (agora onze, com a subida do Paços de Ferreira).

Curiosamente, em 1991, Vítor Oliveira foi o responsável por levar pela primeira vez o Paços de Ferreira à primeira divisão.

Os golos do brasileiro Douglas Tanque, aos 19 minutos, e do ganês Paul Ayongo, aos 80, aos quais o Académico de Viseu apenas respondeu com o tento solitário de João Mário, aos 37, permitiram ao Paços de Ferreira festejar antecipadamente o regresso ao convívio dos 'grandes', pela mão do treinador Vítor Oliveira -- que conseguiu a proeza pela 11.ª vez na carreira -, um ano após ter sido despromovido.

A equipa pacense totaliza 64 pontos, suficientes para lhe garantir a subida à I Liga, independentemente dos resultados obtidos até ao fim da prova por Famalicão, segundo classificado, com 57, e Académica, quinta, com 49, ambos com menos um jogo e as únicas equipas com capacidade para serem promovidas que poderão igualar os 'castores'.

O Estoril Praia é o terceiro posicionado, com 51, mas tem o mesmo número de encontros e já não conseguirá atingir os 64 pontos do Paços de Ferreira nas quatro jornadas que restam, enquanto o Benfica B, que ocupa o quarto lugar, com 50, não pode ser promovido ao primeiro escalão.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de