Patrocinador anuncia regresso ao Sporting após saída de Bruno de Carvalho

Em comunicado, Grupovarius adianta que os motivos que o levaram a suspender o apoio ao judo leonino já não existem.

O Grupvarius anunciou este domingo, em comunicado divulgado no Facebook, que vai suspender os mecanismos legais que tinha acionado em maio com vista a desvincular-se do apoio prestado ao Judo do Sporting.

Menos de 24 horas depois da confirmação da destituição de Bruno de Carvalho, a empresa liderada por Alexandre Cavalleri explica que as razões que levaram a anunciar essa medida "já não existem, logo seria uma incongruência não agir em conformidade".

"O GRUPOVARIUS, informa que face ao resultado da AG de ontem, que amanhã, segunda feira dia 25 de junho 2018, à primeira hora irá suspender os mecanismos legais que tinham sido acionados, e que continuaremos a apoiar, dentro dos mesmos moldes, o Judo Sporting Clube de Portugal", pode ler-se no comunicado.

O Grupovarius foi a primeira baixa entre os patrocinadores do clube, na sequência do ataque à Academia de Alcochete e da postura de Bruno de Carvalho perante esses acontecimentos.

Na altura, a empresa alegou arrogância e prepotência, defendendo que a comissão executiva dos leões devia ter apresentado demissão e acusou o Sporting de envergonhar os patrocinadores, adeptos e atletas.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de