Selecção sub21

Portugal vence Irlanda do Norte por 2-1 na estreia de Oceano

A selecção portuguesa de sub-21 venceu, esta terça-feira, por 2-1 a Irlanda do Norte, num jogo de preparação para a fase de qualificação para o Europeu de 2011, na estreia do novo seleccionador, Oceano Cruz.

A grande figura do jogo foi o benfiquista Fábio Coentrão, que jogou e fez jogar os companheiros, tendo sido o autor do primeiro golo e interveniente em quase todas os lances de perigo e oportunidades de golo criadas pela equipa das "quinas".
 
As entradas de Tengarrinha para o meio-campo e de Candeias para extremo após o intervalo também contribuiram para que Portugal fosse uma equipa mais segura a circular a bola e mais incisiva no ataque.
 
A Irlanda do Norte tentou sempre jogar em todo o campo, sem marcações rigorosas, o que a prejudicou na segunda parte pelos espaços que concedeu.
 
Neste campo, Fábio Coentrão provocou vários desequilíbrios, como no lance que esteve na origem do primeiro tento, de contra-ataque, finalizado pelo extremo aos 57 minutos.
   
Este golo empolgou a selecção portuguesa, que, aos 62 minutos, fez o segundo, numa jogada onde Fábio Coentrão, Pereirinha e Yazalde, que marcou de cabeça, foram decisivos.
 
Portugal teve oportunidades para fazer o 3-0 e Fábio Coentrão ainda ofereceu a Pereirinha o terceiro golo, mas seria a Irlanda do Norte a reduzir a diferença numa grande penalidade concretizada por Duffy, aos 74.
   
Artur Soares Dias agiu neste lance de acordo com a lei, mas na primeira parte não assinalou uma grande penalidade evidente cometida por Duffy sobre Yazalde.
 
Num jogo disputado no Estádio Municipal da Guarda, as equipas alinharam da seguinte forma:
 
Portugal: Rui Patrício (Ventura, 46), Pereirinha, Daniel Carriço, André Pinto (Miguel Vítor, 70), Rúben Lima, Adrien, André Santos (Tengarrinha, 46), Castro (Marco Matias, 66), Ukra (Candeias, 46), Fábio Coentrão (Rui Fonte, 82) e Yazalde.
 
Suplentes: Ventura, Miguel Vítor, Tengarrinha, Candeias, Marco Matias, Nelson Oliveira e Rui Fonte.
 
Irlanda do Norte: O'Neill, Flynn, Casement, Duffy, Magnay, Garret, Evans (Shroot, 56), Mc Gurk (Lawrie, 41), Ferguson (Donnelly, 46, Gibb, 80), Magennis e Lowry (Norwood, 46).
 
Suplentes: Carson, Gibb, Donnelly, Shroot, Norwood e Lawrie.

Acção disciplinar: cartão amarelo para Evans (45), André Santos (45+1), Flynn (61 e 76). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Flynn (76).