Liga das Nações

Os três felizes Silvas protagonizaram a reviravolta portuguesa na Polónia

Seleção vence Polónia por 2-3 e fica perto do apuramento da fase final da Liga das Nações.

A Seleção Nacional conquistou esta quinta-feira mais três pontos na Liga das Nações, depois de vencer a Polónia em Chorzow por 1-3. Mas o jogo até começou mal para os campeões europeus. Aos 18 minutos, Piatek, o melhor marcador da Serie A pelo Génova, impôs-se nas costas de Cancelo e colocou a equipa da casa na frente.

A resposta portuguesa não tardou. Pizzi encontrou André Silva na pequena área sozinho. O avançado do Sevilha não teve problemas em colocar a bola na baliza, empatando a partida aos 31 minutos.

A partir desta altura, a equipa Polaca começou a sentir dificuldades, face à pressão alta da turma das Quinas. E foi do meio campo nacional que começou a jogada do segundo golo português. Rúben Neves viu Rafa a isolar-se. Este tirou o guardião Fabianski do caminho e, numa disputa com o central polaco, a bola foi parar ao fundo das redes. A reviravolta estava consumada.

Após o descanso, o selecionador polaco trocou de lateral-direito. Mas os problemas começaram no lado oposto. Bernardo Silva pegou na bola, viajou para o centro e, num remate colocadíssimo ao poste esquerdo de Fabianski, festejou o terceiro.

O jogo parecia decidido mas a Polónia reagiu, chegando várias vezes com perigo junto da baliza nacional. O golo acabou por surgir através de uma "bomba" de Błaszczykowski aos 77 minutos. O extremo polaco não deu hipóteses a Rui Patrício.

Fernando Santos reforçou o meio campo, ao promover a entrada de Renato Sanches e Danilo. Já depois dos 80 minutos, o médio do Bayern isolou-se e com a baliza aberta permitiu o corte dos adversários, perdendo a oportunidade de aumentar a vantagem. Pouco depois, obrigou Fabianski a esticar-se para parar um remate perigosíssimo. Em cima dos 90, Bruno Fernandes, que entrou para o lugar de Bernardo, falhou a última oportunidade clara da partida.

Portugal conquista assim mais três pontos importantes para o objetivo de alcançar o apuramento para a fase final da Liga das Nações. A qualificação pode acontecer no próximo domingo, caso Itália e Polónia empatem.

Veja os golos do Polónia-Portugal

A 13 minutos dos 90, Błaszczykowski reduziu com uma bomba sem hipóteses para Rui Patrício.

No início do segundo tempo, Bernardo Silva reservou um momento para nos prendar com um grande golo.

Perto do final da primeira parte, Rafa isolou-se e Glik cortou para a baliza, colocando os campeões europeus em vantagem.

André Silva empatou o encontro pouco depois da meia hora.

A Polónia inaugurou o marcador aos 18 minutos por intermédio de Piatek.

  COMENTÁRIOS