Ronaldo deixa a Seleção "mais forte", mas também "chegou o momento do Dyego Sousa"

O selecionador nacional, Fernando Santos, fala sobre a lista dos convocados para o título europeu de 2020, e do objetivo de revalidar o título europeu, algo que só a Espanha conseguiu fazer.

O caminho de Portugal está traçado: "o anseio é chegar lá [à fase final do Euro 2020] e voltar a ganhar. Só uma equipa o fez, a Espanha, e nós também o queremos fazer. Para isso, temos de manter o espírito de união e de estarmos todos juntos." Foi assim que Fernando Santos lançou a fase de qualificação para o Euro 2020, já depois de ter revelado a lista dos jogadores convocados para os jogos frente à Ucrânia e Sérvia,

Entre os nomes apresentados na Cidade do Futebol, em Oeiras, há estreias na formação lusa: o de Dyego Sousa (Sporting de Braga), João Félix (SL Benfica), e Diogo Jota (Wolverhampton). O primeiro referido causou muita surpresa, visto tratar-se de um jogador que nasceu no Brasil mas que vive, desde os seus 18 anos, em Portugal.

O treinador de 64 anos, refere também que "é um novo ciclo, uma janela diferente. Pela primeira vez, Portugal vai entrar na competição na condição de detentor do título. Tem mais responsabilidade do que apenas um candidato".

Sobre os jogadores, Fernando Santos diz que "todos os que reúnem as condições para representar a seleção podem ser convocados a qualquer altura. Chegou o momento do Dyego Sousa. É importante ter conhecimento mais perto dos jogadores, além das observações ao vivo nos próprios e nos jogos que vemos em vídeo." Acrescenta também, "entendo que são jogadores que podem ser uteis à seleção. Se não fosse assim, não estavam convocados".

Portugal começa a defender o título europeu conquistado em 2016, em França, frente à seleção da Ucrânia, em 22 de março, no Estádio da Luz, em Lisboa, recebendo três dias depois a Sérvia, no mesmo recinto, estando o início de ambos os jogos agendados para as 19h45.

Outro dos nomes falados esteve ausente desde o Mundial 2018, que decorreu na Rússia e em que Portugal 'caiu' nos oitavos de final, Cristiano Ronaldo volta a integrar a convocatória da formação lusa, algo que deixa a equipa "mais forte". O técnico não passou a oportunidade de mencionar o 'hat-trick' do internacional português, que apurou a equipa atual de Ronaldo, Juventus, para os quartos-de-final da Liga dos Campeões.

"Sabíamos que ele viria nesta fase. É só o melhor do mundo que vai voltar à sua equipa. Qualquer equipa fica sempre mais forte com Cristiano Ronaldo", considerou.

A Seleção Nacional vai disputar o Grupo B, que inclui ainda a Lituânia e o Luxemburgo.

Antigo técnico do FC Porto e Benfica (e também Sporting), o selecionador português deu ainda os parabéns a 'dragões' e 'encarnados' pelo apuramento para os quartos-de-final da Liga dos Campeões e da Liga Europa, respetivamente.

"Para Portugal seria muito bom ter nas meias-finais duas equipas", concluiu.

Continuar a ler