Crise no Sporting

"Saída de Bruno de Carvalho contribuiria muito para uma reconciliação do clube"

No programa da TSF "Almoços Grátis", Carlos César responsabiliza o presidente do Sporting pela "gestão tresloucada" do clube.

Carlos César defende que o afastamento de Bruno de Carvalho podia ajudar a acalmar os ânimos no Sporting.

No programa da TSF "Almoços Grátis", o líder da bancada parlamentar socialista defendeu que a "saída de Bruno de Carvalho da presidência do Sporting contribuiria muito para uma reconciliação do clube".

"A direção e em particular o presidente multiplicam-se em declarações que não têm contribuído para a dignidade de uma instituição com mais de cem anos como é o Sporting, não tem contribuído para a boa gestão do clube do ponto de vista da mobilização dos seus adeptos", considera.

São em parte essas declarações de dirigentes desportivos, mas também de comentadores televisivos, defende, que contribuem para "ódios e rivalidades estúpidas" e, em última instância, para "manifestações de selvajaria" como as agressões desta terça-feira em Alcochete.

Luís Montenegro alerta para os os impactos negativos para o turismo da violência no futebol português e lembra que os clubes com estatuto de utilidade pública podem perde-lo.

Com Anselmo Crespo e Nuno Domingues

Leia aqui tudo sobre a crise no Sporting