Europeu 2011 sub21

Selecção de sub-21 vence Espanha por 4-1 em particular

A selecção portuguesa de sub-21 venceu, esta terça-feira, a vizinha Espanha por 4-1, num jogo de preparação realizado no Estádio Municipal do Cartaxo, com Orlando Sá, avançado do Sporting de Braga, a mancar três tentos.

As duas formações demoraram 19 minutos a rematar, quando o extremo espanhol Fran Mérida visou a baliza de Rui Patrício, num tiro desviado por Miguel Vítor.
 
No minuto seguinte, o estreante e ainda sub-19 Rui Fonte inaugurou o marcador para a equipa portuguesa, depois de ter ficado isolado frente a Sérgio Asejo, aproveitando um corte deficiente de Balenziaga.
 
Na resposta, aos 23 minutos, a Espanha - que ao contrário de Portugal está qualificada para o Euro2009 - chegou ao empate, pelo pé de Parejo, através de uma grande penalidade, que castigou um alegado corte de Miguel Vítor com a mão, após remate de Sérgio Busquets, na recarga a um pontapé de Parejo ao poste.
  
A partir daí, a equipa das "quinas" conseguiu aproximar-se da baliza adversária, chegando à vantagem através de um cabeceamento de Orlando Sá, aos 37 minutos, na sequência de um canto de Pereirinha, do lado esquerdo.
 
A mesma dupla pôs Sérgio Asejo à prova, aos 38 minutos, "ensaiando" a jogada que viria a resultar num novo golo da equipa portuguesa, com Pereirinha a assistir para cabeceamento de Orlando Sá, aos 43.
 
No segundo tempo, o avançado brancarense voltou a bater o guarda-redes espanhol, novamente de cabeça, respondendo a um cruzamento do avançado Yazalde.
 
Sem grandes oportunidades, Portugal geriu a vantagem até ao final do encontro, que serviu de teste para a fase de qualificação para o campeonato da Europa de 2011.
 
Num encontro disputado no Estádio Municipal do Cartaxo, perante cerca de 2000 espectadores, as equipas alinharam da seguinte forma:

Portugal: Rui Patrício (Ventura, 46), João Gonçalves (Bura, 59), Daniel Carriço, Miguel Vítor (André Pinto, 46), Ruben Lima, Pereirinha, Stélvio Cruz, Castro (João Martins, 65), Candeias (João Aurélio, 75), Rui Fonte (Yazalde, 46) e Orlando Sá.

Suplentes: Ventura, Bura, André Pinto, João Martins, Yazalde, Pedro Moreira e João Aurélio.
 
Espanha: Sérgio Asenjo, Azpilicueta, Dominguez, Echaide (Javi Martinez, 46), Balenziaga (Canella, 58), Camacho, Aarón, Sérgio Busquets, Fran Mérida (Jordi Alba, 83), Adrian López (Bueno, 69) e Parejo (Raul, 83).

Suplentes: De Gea, Canella, Raúl, Jordi Alba, Javi Martinez, Bueno e Lillo.
 
Acção disciplinar: cartão amarelo para Miguel Vítor (23).