"Sinto-me feliz e é como se fossem os primeiros momentos, quando tinha 18 anos"

Cristiano Ronaldo sente-se em casa na Seleção nacional e promete dar sempre o seu melhor pela camisola portuguesa.

O capitão da Seleção nacional agradece o apoio dos portugueses à equipa das quinas, algo que considera fundamental no caminho da turma de Fernando Santos, e promete continuar a retribuir com golos e títulos.

"Nos últimos anos Portugal tem ganho coisas importantes: o Europeu 2016, agora a Liga das Nações. Parece um trabalho fácil, mas não, é um trabalho árduo, muita dedicação, muita crença", assegurou Cristiano Ronaldo, dando os parabéns aos jogadores e aos portugueses por mais um título.

E sobre a possibilidade de jogar até aos 50 anos, uma proposta feita por Pinto da Costa na tarde deste domingo, Cristiano Ronaldo deixou sorrisos e prometeu dar "sempre o melhor".

"Sinto-me feliz, sinto-me bem, sinto uma grande alegria quando venho à Seleção, recebem-se sempre [de forma] excelente. Enquanto tiver bem, motivado e sentir força vou sempre representar as cores de Portugal. Sinto-me em casa, já são 16 anos aqui na Seleção e o entusiasmo é como se fossem os primeiros momentos, quando tinha 18 anos", explicou o capitão.

Aos 34 anos, Cristiano Ronaldo foi o melhor marcador da Liga das Nações e jogou a terceira final ao serviço da Seleção nacional, tendo vencido duas delas.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de