Futebol

Solskjaer é o novo treinador do Manchester United

Ex-jogador dos "Red Devils" é o sucessor de José Mourinho.

Manchester United oficializou a contratação de Ole Gunnar Solskjaer como novo treinador.

PUB

Depois da saída de José Mourinho do comando técnico do Manchester United, a equipa inglesa confirmou o ex-jogador dos "Red Devils" como treinador até final da temporada.

Já na terça-feira, o Manchester United, tinha anunciado o nome do norueguês num vídeo publicado no site oficial, mas rapidamente retirou essa informação.

"Solskjaer vai começar a treinar a primeira equipa com efeitos imediatos e vai ficar enquanto o clube conclui o processo de recrutamento de um treinador definitivo", lê-se no comunicado do clube que coloca Mike Phelan, Michael Carrick e Kieran McKenna na equipa técnica.

Já Ed Woodward, vice-presidente executivo dos "Red Devils", também em declarações publicadas no site do clube, diz que "Solskjaer é uma lenda do clube e tem muita experiência, dentro de campo e também como treinador. Vive e respira a culta do clube e todos estão encantados por o ter de volta."

Ole Gunnar Solskjaer que foi um jogador importante no reinado de Sir Alex Ferguson, no Manchester United, atuando em Old Trafford de 1996/97 a 2006/07. O antigo avançado norueguês fez 126 golos em 366 jogos pelo United.

O ex-jogador norueguês, de 45 anos, estava a trabalhar no Molde durante as últimas épocas. Solskjaer também já tinha trabalhado como treinador no Cardiff e nas equipas secundárias do Manchester United.

O português José Mourinho terminou sem glória a terceira passagem pelo futebol inglês ao ser dispensado pelo Manchester United, atual sexto classificado da Liga inglesa, e a ansiar por um título de campeão desde 2013.

José Mourinho, de 55 anos, chegou a Manchester em 2016/17, a única época em que alcançou títulos no clube, a Taça da Liga inglesa e a Supertaça.

LER MAIS:

- "Com efeito imediato." José Mourinho já não é treinador do Manchester United

- Efeito 'special one' apagou-se no Manchester United. E agora, Mourinho?

  COMENTÁRIOS