João Vieira Pinto

Tribunal condena João Vieira Pinto, José Veiga, Luís Duque e Rui Meireles

O Tribunal Criminal de Lisboa condenou hoje João Vieira Pinto, José Veiga, Luís Duque e Rui Meireles pela autoria de um crime de fraude fiscal.

O Tribunal Criminal de Lisboa condenou hoje o ex-futebolista João Vieira Pinto, o empresário José Veiga, o administrador da Sporting SAD Luís Duque e o antigo dirigente do clube Rui Meireles pela autoria de um crime de fraude fiscal.

João Vieira Pinto foi condenado a um ano e seis meses de prisão com pena suspensa por igual período, José Veiga condenada a pena única de prisão de quatro anos e meio com pena suspensa, já Luís Meireles e Luís Duque foram condenados a dois anos com pena suspensa.

A 6.ª Vara do Tribunal Criminal de Lisboa condenou ainda José Veiga a um crime de branqueamento de capitais, absolvendo os restantes arguidos da prática do crime.

Cada um dos arguidos foi igualmente condenado ao pagamento de uma multa de 169.629 euros. Todos vão recorrer da sentença.

Rui Patrício, advogado de Luís Duque e Rui Meireles, lamentou a decisão do tribunal.