Um verão ao sol para os clubes. Nunca o futebol movimentou tanto dinheiro em Portugal

O defeso que agora termina foi o mais proveitoso de sempre para os clubes portugueses. A transferência de João Félix deu um contributo importante num verão que permitiu alguns dos maiores investimentos de sempre para clubes portugueses.

O verão foi de recordes tanto no valor investido, como nas receitas. Nunca o futebol movimentou tanto dinheiro em Portugal.

A liga portuguesa foi a segunda na Europa com maiores valores recebidos, apenas atrás da Holanda. Entraram 384 milhões de euros nos cofres dos clubes da Primeira Liga, segundo os dados do site Transfermarkt.

De Portugal saiu o maior negócio deste mercado na Europa: a venda de João Félix do Benfica ao Atlético de Madrid, por 126 milhões.

Esta transferência permitiu às 'águias' alcançar outro recorde: o clube que mais dinheiro encaixou numa única janela de mercado em Portugal - 188 milhões de euros.

Do lado do investimento, o recordista foi o Futebol Clube do Porto, com o maior valor gasto de sempre na liga portuguesa: 60 milhões de euros neste verão. Um valor compensado pelas receitas, 89 milhões, permitindo um saldo positivo aos dragões.

O defeso foi o mais positivo de sempre para os 18 clubes da principal liga profissional. A diferença entre o valor investido e a receita foi de 238 milhões de euros.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de