Crise no Sporting

Vai ser preciso "ameaçar clubes com perda de estatuto" de utilidade pública?

No programa da TSF "Almoços Grátis", Luís Montenegro alerta para os os impactos negativos para o turismo da violência no futebol português.

Luís Montenegro lembra que os clubes com estatuto de utilidade pública podem perde-lo por não adequar os estatutos a uma regulamentação legal, em particular no que toca a problemas relacionados com as claques.

Para resolver o problema da violência no futebol, "se calhar vai ser preciso, entre aspas, ameaçar clubes que têm este estatuto, de que o podem perder", comentou o social-democrata no programa da TSF "Almoços Grátis".

Casos como as agressões em Alcochete, noticiadas na imprensa internacional, têm consequências para lá do desporto, em particular no turismo.

"A segurança é um maiores ativos da nossa economia (...) somos reconhecidamente um país seguro. Este tipo de episódios que corre o mundo com a violência mediática que lhe subjaz são machadadas, danos, que têm efeito."

Destacando a "reação rápida" da GNR, que levou a 23 detenções, o social-democrata defende que o Governo tem de "fazer mais" para combater a violência associada ao desporto.

"Há pessoas com cadastro e problemas quase permanentes com a justiça" que continuam nas claques, o que "agrava o sentimento de impunidade", nota.

Para Luís Montenegro há "dois grandes problemas" no futebol português. "Um organizativo, que tem a ver com dirigismo, e a forma como se comunica com as massas (...) e outro, a componente de suspeição".

"Estamos a viver uma atmosfera no desporto em geral e no futebol em particular que é irrespirável". Com a vinda a público de casos de corrupção e viciação de apostas desportivas, "quem vibra com o futebol dá por si a questionar-se 'será que isto tudo é verdadeiro ou estamos a gozar, no bom sentido do termo, um acontecimento aldrabado?'".

Por sua vez, Carlos César defende que o afastamento de Bruno de Carvalho podia ajudar a acalmar os ânimos no Sporting e contribuir para "a reconciliação do clube".

Com Anselmo Crespo e Nuno Domingues

Leia aqui tudo sobre a crise no Sporting