Vitória de Guimarães "competitivo e organizado" para vencer na Roménia

Treinador do Vitória de Guimarães assegura que a equipa vai jogar com o intuito de ganhar.

Ivo Vieira assumiu, esta quarta-feira, que o Vitória de Guimarães quer surgir "competitivo e organizado" na Roménia para derrotar o FCSB, na quinta-feira, na primeira mão do play-off de acesso à Liga Europa de futebol.

Depois de, nas rondas anteriores, ter ultrapassado com distinção Jeunesse Esch, do Luxemburgo (triunfos por 1-0 e 4-0), e Ventspils, da Letónia (3-0 e 6-0), os portugueses vão disputar o acesso à fase de grupos com a equipa descendente do Steaua de Bucareste e estão, segundo o técnico, prontos para se imporem e vencerem a primeira mão.

"Esta é uma fase em que há muita responsabilidade de todos nós. Temos de lutar para que os resultados surtam a nosso favor. O play-off não vai mudar o que temos feito. Vamos com o intuito de ganhar, competitivos e organizados, como vamos para os outros jogos", disse, na academia vitoriana, durante a antevisão ao jogo marcado para as 19h30 (hora de Lisboa).

O 'timoneiro' vitoriano realçou que o seu conjunto vai tentar encarar a partida somente concentrado em "ter bola, atacar e fazer golo", de forma "equilibrada e consciente", sem pensar muito num opositor que tem estado melhor na Liga Europa do que no campeonato.

Atual 11.º classificado da Liga romena, com quatro pontos em seis jogos, o FCSB ultrapassou o Milsami Orhei (Moldávia), o Alashkert (Arménia) e o Mladá Boleslav (República Checa) para chegar ao play-off.

Europa é aposta do FCSB

Ivo Vieira lembrou que a turma romena tem apostado sobretudo na Liga Europa na fase inicial da época, com várias trocas nos 'onzes' escolhidos para essa prova e para o campeonato, pelo seu técnico interino, Vergil Andronache, e frisou que o Vitória tem de fazer um esforço coletivo para travar o FCSB, em vez de se focar nos seus elementos mais cotados, como o extremo Florinel Coman.

"Pode haver algum atleta que faz o golo, que faz o passe, mas o coletivo é que pode resolver os problemas. Vamos ter atenção a alguns atletas que possam acrescentar algo ao jogo. O nosso adversário vai criar-nos problemas, mas não vamos estar focados num ou noutro jogador", explicou.

Tal como aconteceu no Luxemburgo e na Letónia, o Vitória não vai jogar no recinto do adversário, a Arena Nacional, em Bucareste, mas sim no Estádio Marin Anastasovici, na cidade de Giurgiu, 60 quilómetros a sul, por imposição da UEFA.

O treinador do Vitória negou, contudo, que essa situação constitua um benefício para a sua equipa, tendo, por outro lado, rejeitado que o FCSB possa tirar alguma vantagem do maior número de partidas disputadas - já fez 12, contra seis dos portugueses.

Ao lado de Ivo Vieira, o lateral esquerdo Florent atribuiu favoritismo na eliminatória ao FSCB, por ser o cabeça de série, mas lembrou a ambição vimaranense em chegar à fase de grupos.

O encontro será arbitrado pelo esloveno Matej Jug.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de