Joana Ramos na luta pelo bronze nos -52kg dos Mundiais de judo

Atleta portuguesa venceu três de quatro combates e disputa o terceiro lugar ainda esta segunda-feira.

A judoca Joana Ramos venceu três de quatro combates nos Mundiais de Budapeste, o último dos quais com a belga Amber Ryheul, já na repescagem, e vai lutar ainda esta segunda-feira pela medalha de bronze nos -52 kg.

Joana Ramos, uma das portuguesas em lugar de apuramento para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, conseguiu já em Budapeste pontos que lhe permitem não só ter segura a posição olímpica, como subir no 'ranking' da sua categoria.

A judoca do Sporting, de 39 anos, que chegou aos Mundiais como 23.ª do ranking, venceu na Arena Laszlo Papp, depois de estar isenta na primeira ronda, a mongol Khorloodoi Bishrelt (27.ª), a suíça Evelyne Tschopp (13.ª), e, na repescagem, a belga Amber Ryheul (41.ª), ambas por ippon.

Em Budapeste, Joana Ramos, que nos últimos Mundiais também discutiu o bronze e foi quinta classificada, apenas perdeu com a japonesa Ai Shishime, principal favorita ao título e número três mundial, num combate de alto nível da portuguesa, vencida no 'golden score'.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de