João Benedito quer "a nova geração de atletas do Sporting" à frente do clube

O antigo guarda-redes de futsal do Sporting é o oitavo candidato à presidência do clube.

João Benedito quer um novo modelo de gestão para o Sporting Clube de Portugal, que passe pela presença de antigos atletas nos corpos dirigentes. O antigo guarda-redes de futsal dos leões e da seleção nacional, diz que são esses atletas que vão transportar para a gestão os valores da cultura desportiva do Sporting.

"Chegou a hora de uma nova geração de atletas aplicar a sua cultura desportiva e profissional na condução dos destinos do clube", refere, explicando ainda que quer "uma gestão à imagem do Sporting, de esforço, dedicação, devoção e glória", sublinha o candidato.

O antigo atleta dos leões explicou ainda que tomou a decisão de se candidatar após a assembleia de 23 de junho, que conduziu à destituição de Bruno de Carvalho. Agora pede unidade dentro e fora das estruturas do clube.

"O ponto mais importante é a família sportinguista. Queremos continuar a alargar a família, a tratá-a como merece e criar condições para que estejamos cada vez mais vezes juntos. Não haverá sócios de 1ª ou de 2ª, somos e seremos todos iguais enquanto sócios do Sporting", refere o candidato à presidência do Sporting.

Questionado sobre o futuro das modalidades, Benedito reitera que José Peseiro vai continuar à frente do futebol em setembro. "Os meus treinadores são José Peseiro, Nuno Dias, Hugo Canela", referiu, sobre os nomes de futebol, futsal e andebol, enumerando depois o elenco dos atuais técnicos, garantindo assim a continuidade dos projectos nas várias modalidades.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de