João Sousa: "As notícias que me chegam de Espanha são devastadoras"

Como treinam e o que fazem os atletas de alta competição durante este período de isolamento social? Diariamente, na TSF, a situação no país e no desporto, do ponto de vista de um atleta.

João Sousa vive em Barcelona mas escolheu Portugal para passar junto da família estes "dias difíceis". O melhor tenista português de sempre fala da preocupação pelos amigos que tem em Barcelona, conta como ocupa os dias, como encara o cancelamento do Wimbledon, diz confiar nas autoridades portuguesas e deixa um apelo aos fãs.

"Tem sido uma experiência diferente. Eu e a minha família estamos conscientes do perigo. Estamos em casa em isolamento. Temos saído simplesmente para as necessidades básicas, como comprar comida. Pessoalmente nunca tinha estado tanto tempo em casa", começa por contar o atleta em entrevista à TSF.

João Sousa vive em Barcelona mas escolheu Guimarães, a cidade-natal, para viver este período de isolamento social: "Estar perto da minha família era importante neste momento difícil que estamos a atravessar. Também há a parte positiva de estar um pouco mais com eles."

O número um português lamenta a situação delicada que Espanha está a viver. "Tenho muitos amigos em Barcelona e preocupa-me muito porque a situação lá é delicada. Sei de alguns casos muito complicados. As notícias que nos chegam de Espanha são devastadoras. Lá tem sido muito pior que aqui... E tenho amigos com situações familiares muito complicadas", lamentou o tenista.

Nesta entrevista à TSF, João Sousa confessa que a lesão que lhe "complicou a vida" já está ultrapassada e que, em casa" tenta recuperar a forma física e "encontrar o equilíbrio".

Sobre o cancelamento de Wimbledon, o atleta português diz que "é uma notícia triste". "Para mim e para o ténis mundial, é o torneio mais prestigiado do mundo mas o mais importante é a segurança. O cancelamento acaba por ser uma medida necessária."

"Queria pedir aos portugueses para fazerem uma reflexão. Zelem pela saúde e bem-estar de todos. As autoridades estão a fazer um bom trabalho, tem informado bem os portugueses, mas queria também deixar uma palavra aos profissionais de saúde que têm estado a lutar de forma espetacular pela saúde de todos", apelou João Sousa.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de