Jogo do campeonato chileno suspenso após invasão de adeptos do Colo Colo

Coube ao presidente da Associação Nacional de Futebol Profissional dar conta da suspensão da partida no estádio Municipal da La Florida.

O jogo entre o Unión La Calera e o Deportes Iquique, do campeonato chileno, foi esta sexta-feira suspenso depois de um grupo de adeptos, aparentemente apoiantes radicais do Colo Colo, terem irrompido pelos portões do estádio.

Coube ao presidente da Associação Nacional de Futebol Profissional (ANFP), Sabástian Moreno, dar conta da suspensão da partida no estádio Municipal da La Florida, em Santiago.

"Lamentavelmente vamos ter que suspender este jogo. O mais importante é proteger a segurança dos jogadores quando um grupo de pessoas força a entrada no estádio", afirmou aos órgãos de comunicação locais.

O encontro entre o Unión Calera e o Deportes Iquiqe era o primeiro da 20.ª jornada do campeonato chileno e marcava o regresso do futebol depois de mais de um mês de paragem devido às convulsões sociais que têm assolado o Chile.

Ao minuto 67, com 0-0 no marcador, o jogo foi interrompido pelo árbitro porque um grupo de pessoas com bandeiras com as cores do Colo Colo ingressou sem autorização nas bancadas do estádio. Os jogadores das duas equipas reuniram-se com o presidente da ANFP e com os dirigentes do Sindicato de Futebolistas Profissionais do Chile (SIFUP) para avaliar a situação.

Várias dezenas de membros da claque radical do Colo Colo juntaram-se esta manhã em frente ao estádio Monumental, no bairro de Macul, na capital, para protestar contra o reinício do campeonato, enquanto se mantém a agitação social nas ruas.

Após essa ação de protesto, dirigiram-se ao estádio La Florida, onde se disputava a primeira partida da jornada, e conseguiram ingressar no recinto, apesar dos esforços da polícia para o evitar. Sebastián Pérez, guarda-redes do Deportes Iquique, afirmou que não existe proteção policial suficiente para garantir a segurança e criticou o facto desta partida ter sido um teste para ver se havia condições para se disputarem os jogos desta jornada.

"Fomos assim a modos que uma experiência. Estavam a ver se este jogo passava para que os demais se pudessem jogar. Não estão criadas as condições para jogar nesta data", disse Pérez, mas o presidente da ANFP, Sebástian Moreno, recusou-se a suspender a jornada completa.

A Universidade Católica, líder destacado do campeonato, pode proclamar-se campeão este fim de semana, se o Colo Colo perder e o Palestino não vencer.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados