Jorge Jesus denuncia "clima de impunidade no futebol português"

O treinador do Benfica mostrou-se, no entanto, satisfeito pela presença de Sérgio Conceição no banco de suplentes do FC Porto.

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, considerou esta quarta-feira que existe "um clima de impunidade no futebol português", mas manifestou-se satisfeito por Sérgio Conceição poder estar no banco de suplentes do FC Porto, no encontro de quinta-feira.

Questionado sobre se considerava haver um clima de impunidade favorável ao rival, devido à suspensão do castigo ao seu treinador, o técnico estendeu a resposta a todo o setor a nível nacional e lembrou que, "no futebol, as competências jurídicas que decidem são do foro desportivo e não de tribunais civis".

"Acho que há um clima de impunidade no futebol português. Acho que as autoridades que mandam e têm competência estão a perder a autoridade a todos os níveis", denunciou Jorge Jesus, em conferência de imprensa, no Seixal.

Apesar de sublinhar que não lhe compete analisar essa situação, mostrou-se satisfeito pela presença de Sérgio Conceição no banco de suplentes do FC Porto, na partida da 31.ª jornada da I Liga, mas não disse se isso beneficia o adversário, mesmo após insistência na questão.

"Quanto ao facto de o meu colega estar no jogo, ainda bem que vai estar. Treinador principal é treinador principal e ainda bem que vai estar", limitou-se a dizer Jorge Jesus.

O Tribunal Arbitral do Desporto aceitou a providência cautelar interposta por Sérgio Conceição, que tinha sido suspenso por 21 dias, na sequência dos protestos dirigidos ao árbitro Hugo Miguel, após o jogo Moreirense-FC Porto, anunciou esta quarta-feira o clube campeão português.

O técnico portista foi expulso pelo árbitro depois do final da partida da 29.ª jornada da I Liga, que terminou com um empate 1-1, por "lesão da honra e reputação" de Hugo Miguel, como informa a comunicado do Conselho de Disciplina da FPF.

Sobre a nomeação de Artur Soares Dias para o 'clássico' de quinta-feira, o treinador mostrou-se confiante não só no trabalho do árbitro principal, como também no de João Pinheiro, que irá desempenhar as funções de videoárbitro (VAR).

"[Artur Soares Dias] é um dos bons árbitros que temos. Não é só ele, há vários. Segundo sei, é o João Pinheiro que estará no VAR, é um grande árbitro, de qualidade. Há três, quatro ou cinco árbitros que podiam arbitrar o jogo sem problemas nenhuns e o Artur Soares Dias é um deles", comentou.

O Benfica recebe o FC Porto na quinta-feira, às 18:30, em partida da 31.ª jornada da I Liga, na qual estará em discussão a luta pelo segundo lugar, que dá acesso direto à Liga dos Campeões.

Os 'encarnados' seguem em terceiro lugar, a quatro pontos do FC Porto, e precisam de vencer para manter intactas as esperanças de terminar no segundo posto, apesar de dependerem ainda de mais um 'deslize' do rival nas últimas três jornadas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de