Liga dos Campeões: cinco portugueses na luta pelo troféu

Há cinco internacionais portugueses na luta pelo título de campeão da Europa de clubes. De Bernardo Silva a João Félix, passando por Anthony Lopes, Nelson Semedo e João Cancelo. Nenhum deles conquistou a prova máxima da UEFA na carreira.

Cinco portugueses podem ainda esta temporada conquistar o troféu da Liga dos Campeões de futebol, que vai ser disputado em Lisboa num formato inédito, num grupo em que o grande ausente é Cristiano Ronaldo, cinco vezes vencedor.

Numa edição que cedo ficou sem representação nacional a nível de clubes (Benfica 'caiu' na fase de grupos), João Félix (Atlético Madrid), Nélson Semedo (FC Barcelona), Bernardo Silva (Manchester City), João Cancelo (Manchester City) e Anthony Lopes (Lyon) são os portugueses ainda em prova e com possibilidades de poderem ganhar no seu próprio país a mais importante competição europeia.

Deste grupo era esperada a presença de Cristiano Ronaldo, mas o avançado e capitão da seleção lusa não conseguiu impedir a surpreendente eliminação da Juventus frente ao Lyon, apesar de ter marcado dois golos na eliminatória, que acabou empatada 2-2, mas com vantagem para os franceses, devido à regra dos golos marcados fora.

Desta vez não há Ronaldo, mas a bandeira portuguesa pode aparecer ainda nos festejos da conquista da 'Champions', com Bernardo Silva e João Cancelo, em teoria, a estarem melhor colocados.

O Manchester City procura há anos a sua primeira Liga dos Campeões, sobretudo depois do investimento milionário que recebeu no início do século, e a falta de títulos esta temporada aumenta ainda a 'sede' da formação de Pep Guardiola, técnico que já venceu por duas vezes a prova quando estava no FC Barcelona.

Para isso, logo nos 'quartos', no estádio José Alvalade, Silva e Cancelo terão de eliminar o guardião Anthony Lopes, com o Lyon a aparecer com muita surpresa nesta fase, depois de uma época bem conturbada, com troca de treinador, e de um desolador sétimo lugar alcançado no campeonato francês, que o deixa fora das competições europeias na próxima época.

No FC Barcelona, clube habituado a andar nas fases mais decisivas da 'Champions' (venceu por cinco vezes, a última em 2014/15), Nelson Semedo pode levantar pela primeira vez o troféu, com a ajuda do argentino Lionel Messi e companhia, embora nos quartos de final terá logo de medir forças com o Bayern Munique, outro dos grandes favoritos a vencer em Lisboa.

A efetuar uma época 'cinzenta', talvez devido ao 'peso' dos 120 milhões de euros, João Félix pode com apenas 20 anos conquistar a sua primeira Liga dos Campeões, com um Atlético Madrid, de Diego Simeone, que procura a sua terceira final em menos de 10 anos e esquecer a desilusão de 2013/14 (no estádio da Luz) e de 2015/16.

Félix, a cumprir a sua primeira temporada no emblema espanhol, leva apenas dois golos na competição.

Os quartos de final abrem com o jogo Atalanta-Paris Saint-Germain, em 12 de agosto, no estádio da Luz, seguindo-se o Leipzig-Atlético de Madrid, em 13, no estádio José Alvalade, o FC Barcelona-Bayern Munique, em 14, de novo no estádio da Luz, fechando com o Manchester City-Lyon, em 15, no estádio José Alvalade.

Os vencedores daqueles quatro confrontos, que serão disputados pela primeira vez em uma única partida, encontram-se nas meias-finais (igualmente a uma só mão, nos estádios do Benfica e do Sporting), em 18 e 19 de agosto, enquanto a final está marcada para 23, no Estádio da Luz.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de