Leça derrota Gil Vicente e volta a 'tombar' equipa da I Liga na Taça de Portugal

Em Leça da Palmeira, um golo solitário de Diogo Rosado, antiga promessa do Sporting, aos 65 minutos, bastou para colocar em êxtase o terceiro colocado da Série C do quarto escalão nacional.

O Leça, do Campeonato de Portugal, voltou este sábado a surpreender na Taça de Portugal de futebol, ao eliminar o Gil Vicente, da I Liga, por 1-0, após ter afastado na ronda anterior o também primodivisionário Arouca.

Em Leça da Palmeira, um golo solitário de Diogo Rosado, antiga promessa do Sporting, aos 65 minutos, bastou para colocar em êxtase o terceiro colocado da Série C do quarto escalão nacional, causando a primeira surpresa da quarta eliminatória da prova 'rainha'.

Os barcelenses, que ocupam a oitava posição da I Liga, procuraram corresponder ao estatuto de favoritos, mas esbarraram desde cedo na sólida organização dos anfitriões, que foram explorando as saídas rápidas e construíram a melhor oportunidade da primeira parte, aos oito minutos, quando um 'tiro' de Diogo Rosado obrigou Brian Araújo a voar.

A inércia do Gil Vicente fez com que Gustavo Galil, 'herói' da ronda anterior, com quatro penáltis defendidos no desempate frente ao Arouca, só tenha sido incomodado aos 53 minutos, num 'disparo' de Hackman, seguido de um cabeceamento de Élder Santana.

Ricardo Soares incluiu os influentes Samuel Lino e Kanya Fujimoto na meia hora final, mas a estratégia ruiu num contra-ataque do Leça, aos 65 minutos, com Miguel Lopes a lançar na esquerda Diogo Rosado, que 'assinou' um golo portentoso de fora da área.

Os pupilos de Luís Pinto, que foi expulso por protestos, aos 82 minutos, resistiram com relativa tranquilidade ao desespero dos minhotos em, pelo menos, levar o jogo para prolongamento e nem a entrada do 'artilheiro' Fran Navarro ajudou.

Galil apenas suou aos 87 minutos, numa investida fortuita de Samuel Lino, refletindo a desinspiração do Gil Vicente, incapaz de interromper a saga do centenário Leça, que foi novamente indiferente ao desnível de escalões e continua a ensaiar a candidatura ao estatuto de emblema mais surpreendente da edição 2021/22 da Taça de Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de