Liga dos Campeões. Testes aos agentes da Polícia Municipal do Porto todos negativos

Amostra dos agentes voluntários concentrou-se naqueles polícias que estiveram "mais em contacto com os adeptos ingleses", porque houve outras missões em que os agentes não tiveram esse contacto direto.

Todos os agentes da Polícia Municipal do Porto que se voluntariaram para serem testados à Covid-19 no âmbito da final da Liga dos Campeões tiveram resultados negativos, avançou este domingo à Lusa fonte policial.

"Houve 10 voluntários que se disponibilizaram a ser testados à Covid-19 e na sexta-feira passada e tiveram resultados enviados individualmente para os seus 'emails' e tudo correu bem. Os resultados foram todos negativos", disse à agência Lusa o comandante da Polícia Municipal do Porto, António Leitão da Silva.

A amostra dos agentes voluntários concentrou-se naqueles polícias que estiveram "mais em contacto com os adeptos ingleses", porque houve outras missões em que os agentes não tiveram esse contacto direto e não houve necessidade de realizar testes, explicou António Leitão da Silva.

A final da edição 2020/21 da Liga dos Campeões realizou-se no Estádio do Dragão, no Porto, no dia 29 de maio, com a equipa do Chelsea a ganhar por 1-0 ao Manchester City.

O Porto foi escolhido para substituir a cidade de Istambul, no seguimento das dificuldades intransponíveis de viagens dos adeptos ingleses, tendo em conta que a Turquia integra a 'lista vermelha' do Reino Unido, referiu a UEFA para justificar a alteração do 'palco' da final da 'Champions', motivada pelos condicionalismos inerentes à pandemia de Covid-19.

Números da Direção-Geral da Saúde (DGS) indicam que em cinco mil testes feitos a adeptos ingleses que estiveram no Porto para assistir ao jogo de futebol, apenas houve registo de "dois testes positivos" à Covid-19, sendo um facto "animador".

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 3 723 381 mortos no mundo, resultantes de mais de 172 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17 034 pessoas dos 852 646 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de