Manchester United consente empate em Old Trafford frente ao Everton

Com um jogo lento e previsível, o Manchester United perdeu uma vez mais pontos em casa, depois de na última jornada ter sido derrotado, também em Old Trafford, pelo Aston Villa.

Com Bruno Fernandes titular, e Cristiano Ronaldo apenas a partir da hora de jogo, o Manchester United voltou hoje a dar uma pálida imagem para um candidato ao título da Liga inglesa de futebol, empatando com o Everton (1-1).

Com um jogo lento e previsível, o que tem sido a tónica dos 'red devils' sob o comando de Solskjaer, o Manchester United perdeu uma vez mais pontos em casa, depois de na última jornada ter sido derrotado, também em Old Trafford, pelo Aston Villa (1-0).

Desta vez, em jogo a contar para a sétima jornada da Liga inglesa de futebol, Solskjaer preferiu deixar Cristiano Ronaldo no banco e dar a titularidade a Cavani, mas de uma forma ou de outra, a equipa repetiu os fracos desempenhos que tem tido.

Depois de sofrer a meio da semana para vencer em casa o Villarreal na Liga dos Campeões, com Ronaldo a 'salvar' nos descontos, hoje o United estava obrigado a fazer mais e até acabou salvo pelo VAR no que podia ser o 2-1 para o Everton.

Antes, ainda na primeira parte e um pouco antes do intervalo, Bruno Fernandes assistiu Martial para o 1-0, aos 43 minutos, embora a vantagem tenha estado sempre por um fio, apesar de ter pela frente um adversário muito desfalcado.

A equipa de Rafa Benítez entrou em jogo sem as 'estrelas' Richarlison e Calvert-Lewin, que têm estado lesionados, mas também sem o português André Gomes, Iwobi ou Delph, todos com problemas físicos.

Dificuldades que não impediram os 'toffees' - e quando o United já tinha feito entrar Cristiano Ronaldo, na 200.ª presença do português em jogos da Liga inglesa -, de chegarem à igualdade, com um golo de Andros Townsend, aos 65 minutos.

Já muito perto do final, foi Mina a celebrar o que podia ter sido um escândalo ainda maior, mas o videoárbitro 'salvou' a formação do Manchester United, num lance em que o colombiano estava ligeiramente adiantado.

O empate de hoje deixa Manchester United e Everton igualados no segundo lugar, ambos com 14 pontos, mas com a possibilidade de serem ultrapassados por Manchester City, que visita o líder Liverpool, também com 14 pontos, Chelsea ou Brighton.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de