FC Porto cede empate ao Marítimo e deixa Benfica e Sporting na liderança da Liga

Dragões empatam 1-1 nos Barreiros e deixam Sporting e Benfica no topo da I Liga. Veja os golos.

O FC Porto perdeu este domingo os primeiros pontos na edição 2021/22 da I Liga ao empatar a um golo em casa do Marítimo, num jogo da terceira jornada.

Os dragões inauguraram o marcador a dez minutos do intervalo. A jogada começou num mau passe de Léo Andrade, que permitiu aos dragões recuperarem a bola em zona avançada. Otávio picou a redondinha por cima do guardião Paulo Victor, com o desvio de Luis Díaz ao segundo poste. Um defesa ainda conseguiu cortar, mas Taremi faturou solto de marcação na recarga.

Já no período de descontos, mesmo antes do intervalo, o Marítimo chega ao empate com um grande golo de Xadas. Vítor Costa serviu o médio-ofensivo, que, à entrada da grande área, atirou forte e colocado para o empate, sem hipótese de defesa para Diogo Costa.

Os dragões deixaram assim escapar no topo da classificação os rivais Sporting e Benfica, que têm nove pontos, mais dois do que o FC Porto, enquanto o Marítimo tem quatro.

Aos 4 minutos, num lance com Luiz Díaz e Otávio, Cláudio Winck fica magoado. Dois minutos depois surge uma falta sobre Otávio. Nestes primeiros minutos têm-se registado muitas faltas de parte a parte. O jogo ainda não teve qualquer oportunidade de golo aos 12 minutos.

Aos 16 minutos, o guarda-redes do Marítimo facilitou. Rematou contra Toni Martínez e a bola quase acabou dentro da baliza dos madeirenses. Um minuto depois surgiu a melhor chance para o FC Porto até agora. Milagrosamente dois homens do Marítimo conseguiram tirar a bola em cima da linha de golo.

Um remate de Otávio, aos 21 minutos, saiu fraco e a bola acabou nas mãos de Paulo Victor. Aos 27 minutos, mais um lance venenoso de Otávio. A bola passou em frente à baliza do Marítimo, mas ninguém apareceu para desviar. Dois minutos depois, o jogo é interrompido para o guarda-redes Paulo Victor receber assistência.

A 10 minutos do intervalo, o FC Porto faz a festa no Funchal. Bruno Costa recuperou a bola no meio-campo, passou para Taremi que, por sua vez, desmarcou Otávio. O médio cruzou para Luis Díaz, que empurrou para o interior da baliza. Taremi surgiu depois, a confirmar, mas o golo é da autoria do colombiano, que faz hoje o jogo 100 com a camisola do FC Porto.

O árbitro dá quatro minutos de compensação antes do fim do primeiro tempo. Aos 47 minutos, André Vidigal flete para o meio e remata cruzado à baliza do FC Porto. A bola sai bem por cima da trave. Dois minutos depois, o Marítimo consegue empatar com um grande golo. Vítor Costa serve o médio-ofensivo Xadas, que, à entrada da grande área, atira forte e colocado para o empate, sem hipótese de defesa para Diogo Costa.

Recomeça a segunda parte nos Barreiros. No primeiro minuto deste segundo tempo, boa chance para o FC Porto, com o remate de Luis Díaz a ser cortado por Vitor Costa. Lance perigosíssimo no ataque dos dragões, que nasce de um passe fantástico de Uribe para a velocidade de Luis Díaz, que fez o cruzamento de Taremi. Valeu à defesa do Marítimo um corte para canto.

Aos 68 minutos, o Marítimo desperdiça um golo. A dois metros da baliza, a bola bate no poste de Diogo Costa. Fica o aviso dos madeirenses. O árbitro dá 8 minutos de compensação. Vai ser um final emocionante no Estádio dos Barreiros.

A quatro minutos do final, Francisco Conceição foi à linha final, cruzou, mas o guarda-redes do Marítimo conseguiu defender depois de a bola ir ao poste. Ninguém está sentado no banco do Marítimo. No banco do FC Porto também Sérgio Conceição está de pé a assistir aos instantes finais do desafio.

Francisco Conceição caiu na área do Marítimo, a um minuto do final, e pediu penálti. O árbitro nada assinala. O lance está a ser revisto na Cidade do Futebol. Terminou o jogo! O FC Porto empata no Funchal e perde os primeiros pontos da época.

Onze do Marítimo: Paulo Victor; Jorge Sáenz, Zainadine e Léo Andrade; Cláudio Winck, Diogo Mendes, Rossi e Vitor Costa; Xadas, Alipour e André Vidigal.

Onze do FC Porto: Diogo Costa; João Mário, Mbemba, Pepe e Marcano; Otávio, Bruno Costa, Uribe e Luis Díaz; Taremi e Toni Martínez.

Suplentes do Marítimo: Miguel Silva, Matheus, Fábio China, Pelágio, Rodrigo Andrade, Edgar Costa, Rúben Macedo, Clésio e Henrique.

Suplentes do FC Porto: Cláudio Ramos, Manafá, Vitinha, Sérgio Oliveira, Fábio Vieira, Francisco Conceição, Pepê, Corona e Evanilson.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de